O menino afegão que se tornou um sucesso nas redes sociais após vestir uma camisa feita de plástico de Lionel Messi, recebeu finalmente a verdadeira camisa 10 de Messi da Argentina.

Um canal de TV ajudou a localizar a criança conhecida como "o maior fã de Messi", de cinco anos de idade, Murtaza Ahmadi, que mora no Distrito Jaghori, na província de Ghazni, ao leste do Afeganistão.

A equipe do jogador confirmou nesta quinta-feira que foi enviada uma camisa autografada pelo jogador, que ganhou recentemente o prêmio de melhor jogador do mundo pela quinta vez.

"Eu amo Messi e minha camisa diz que Messi me ama", disse Murtaza enquanto ensaiava sua comemoração de gol.

Publicidade
Publicidade

A busca pelo menino começou quando uma foto, que se tornou viral, mostrava o garoto vestindo uma camisa caseira feita de um saco plástico azul listrado, imitando a famosa camisa Argentina.

Murtaza foi identificado pelo seu tio, Azim Ahmadi, que mora na Austrália, e colocou a equipe de TV em contato com seu irmão, Arif, o pai do jovem fã de Messi.

Arif, que trabalha em uma fazenda em Ghazni, confirmou à equipe que seu filho era o menino que conquistou as pessoas em todo o mundo e acrescentou que Murtaza estava "extremamente feliz".

Messi é embaixador da Boa Vontade para o Fundo de Emergência das Nações Unidas (Unicef), que ajudou a conseguir a camisa para o menino, ao postar a imagem de Murtaza na sua página do Facebook.

Messi também enviou algumas camisas extras para a família de Murtaza, incluindo para seu irmão mais velho, Humayun, que publicou as imagens originais no Facebook, que depois se tornaram virais.

Publicidade

Além dos uniformes, Messi prometeu se encontrar com o Murtaza. "A Federação de #Futebol do Afeganistão recebeu um e-mail de Messi sobre o encontro. Em breve, o sonho de Murtaza será realidade", afirmou o porta-voz da entidade, Syed Ali Kazemi.

"Murtaza realizou um dos seus maiores sonhos hoje. Ele recebeu um uniforme da Argentina, autografado por Lionel Messi, embaixador da Unicef!", postou o órgão, nas redes sociais.

 

 

  #Curiosidades #Futebol Internacional