Jonas é indiscutivelmente o jogador mais decisivo e importante do atual Benfica, porém a direção encarnada não tenciona prolongar por muito mais tempo a sua ligação com o artilheiro. Tal como garante o jornal esportivo “O Jogo”, Jonas já é um jogador com 31 anos e por isso, mesmo com contrato até 2018, o Benfica quer receber um valor por volta dos 25 milhões de euros para a contratação do atacante. A estratégia do Benfica para a próxima temporada parece agora ser muito simples: contar com o talento de Mitrogolou para marcar os gols e investir cada vez mais na formação do clube.

Quando todo o mundo afirmava que Jonas era um jogador “acabado” no Valência, principalmente a imprensa espanhola, o Benfica foi o único grande clube europeu que acreditou e investiu no talentoso Jonas.

Publicidade
Publicidade

Provando que muitos especialistas estavam errados, o artilheiro tem encantado no Campeonato Português, onde é atualmente o artilheiro da competição.

Contudo, e apesar de estarem muito contentes com as prestações do jogador, o Benfica quer aproveitar essa oportunidade de ouro, principalmente agora que os clubes chineses estão investindo muito forte em jogadores experientes na #Europa, para fazerem algum dinheiro com Jonas, que também quer fazer o contrato da sua vida antes de se aposentar. Por isso mesmo, e tal como informa o jornal esportivo “O Jogo”, o plano para Jonas é simples: o jogador está no mercado e o clube português aceita vender Jonas caso um clube pague cerca de 25 milhões de euros pela sua contratação.

Caso se confirme o negócio por esses valores no próximo verão europeu, os 25 milhões de euros por um jogador de 31 anos seria um recorde na Liga portuguesa, bem como uma das transferências mais caras do mundo do futebol para um jogador que está a poucos anos de se aposentar.

Publicidade

Mas conseguirá o Benfica encontrar um substituto à altura para o matador Jonas? Luís Filipe Vieira, presidente do clube, acredita que a formação do clube é suficiente e que Mitroglou está cada vez mais provando que é um artilheiro suficientemente bom para comandar o time na próxima temporada. #Negócios #Futebol Internacional