Pinto da Costa ameaçou o árbitro português Rui Costa e também um membro da sua família, após o encontro do FC Porto contra o Arouca. Conforme publicou  o jornal “Correio da Manhã”, por enquanto, o Presidente do FC Porto já foi multado pelo incidente em 153 euros, contudo o regulamento da Federação Portuguesa de Futebol é muito claro: casos de ameaças, consoante a gravidade da infração, podem significar a descida imediata do clube em questão. “Vou tratar da tua saúde e da do teu irmão”, garantiu Pinto da Costa ao juiz da partida contra o Arouca.

Apesar das grandes polêmicas do futebol português estarem acontecendo entre o Sporting e o Benfica, o jornal “Correio da Manhã” garantiu que Pinto da Costa perdeu completamente a cabeça ao fazer ameaças muito graves contra a vida do juiz português Rui Costa e também da do seu irmão Paulo Costa, por alegadamente estar chateado por um gol do Brahimi ter sido anulado.

Publicidade
Publicidade

Como essas manifestações do Presidente do FC Porto já são recorrentes, a FPF decidiu multar Pinto da Costa em 153 euros, porém o pior para o líder do clube ainda pode estar para vir. Segundo os regulamentos disciplinares da Liga Portuguesa, que abrange esse tipo de condutas perigosas e impróprias, a descida de divisão do clube responsável por coações violentas quer em termos físicos e morais contra o time de arbitragem pode ser aplicada, algo que pode facilmente estar enquadrado com o que aconteceu no final da partida do FC Porto contra o Arouca.

Assim, além dos castigos contra jogadores que estão sendo analisados pelo Conselho Disciplinar da Liga Portuguesa e que podem ser determinantes para o desfecho do título português, agora também o comportamento violento de Pinto da Costa terá que ser avaliado nas próximas semanas, sendo que o FC Porto pode também perfeitamente perder o jogo em questão, caso o juiz Rui Costa avance para um processo contra o líder do FC Porto.

Publicidade

Em uma altura em que o FC Porto está desiludindo dentro dos gramados, este episódio inesperado pode ainda dificultar mais o que resta da presente temporada para o clube. #Europa #Futebol Internacional