Atual número 44 do ranking da WTA, a brasileira Teliana Pereira viverá uma experiência nova nessa edição de 2016 do Rio Open de #Tênis. Pela primeira vez na carreira, ela será cabeça de chave número 1 de um torneio dessa série e também a principal estrela da chave feminina, já que a canadense Eugenie Bouchard, que inicialmente estava inscrita no torneio, acabou desistindo de participar e ficou de fora.

Mas, para a pernambucana, esse rótulo em nada altera o seu planejamento e a sua forma de se preparar para o campeonato. No ano passado, ela acabou dando azar e caiu logo na primeira rodada contra a italiana Sara Errani, que, na época, era a então cabeça 1.

Publicidade
Publicidade

Errani acabou vencendo com facilidade. Agora, Teliana viverá o outro lado da moeda e dá a largada no Rio Open diante da croata Petra Martic.

"Eu não conheço ela, mas sei que deve ter um estilo agressivo por jogar na maioria das vezes em quadra dura. Pretendo alongar mais os pontos até pelo calor que tem feito no Rio de Janeiro. Não quero ficar muito nesse clima de "ter que ganhar", quero poder desenvolver normalmente minha forma de jogar", salientou Teliana.

Outras três brasileiras fazem companhia para Teliana Pereira na chave principal de simples feminino. Gabriela Cé pega na primeira rodada Ana Bogdan, enquanto Bia Maia joga contra a romena Sorana Cirstea. Já Paula Gonçalves passou o qualificatório e estreia na chave contra Julia Glushko. #Entretenimento #Rio2016