O cearense Thiago Monteiro segue em grande forma neste início de temporada. Na semana passada, o jovem tenista de 21 anos surpreendeu o francês Jo-WIlfried Tsonga na estreia do Rio Open. Já nesta terça-feira, o brasileiro conseguiu outro grande feito, ao derrubar o espanhol Nicolas Almagro, sétimo favorito, por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/5, em 1h14 de partida, pela rodada de abertura do Brasil Open, disputado em quadras de saibro, no Esporte Clube Pinheiros. Almagro já venceu o torneio em três ocasiões.

"Essas duas vitórias dão muita confiança. Desde sábado vim fazendo um plano de jogo para jogar contra ele (Almagro).

Publicidade
Publicidade

Fui sólido, consegui impor meu jogo, consegui machucar ele no fundo de quadra e saquei bem. É uma vitória muito importante para mim. Fiz um ótimo jogo hoje, é manter essa intensidade e boa energia para próxima partida", analisou Monteiro, que agora tem encontro marcado com Daniel Muñoz de La Nava.

No único duelo entre ambos, o espanhol levou a melhor na terra batida de Moscou, em um torneio challenger. "O de La Nava é um jogador muito perigoso, com um jogo diferente apesar de ser espanhol. É canhoto, tem backhand mais reto. É um jogo perigoso, preciso manter meu foco, traçar uma boa estratégia, treinar firme para estar bem preparado para quinta-feira", pontuou o brasileiro.

Atual número 278 do ranking mundial, Thiago Monteiro ganhou convite da organização para disputar o evento ATP 250, com US$ 436.220 em premiações totais.

Publicidade

Com mais 20 pontos computados em seu ranking, o cearense se aproxima da melhor marca da carreira, quando foi o número 254, em 2013. No Rio de Janeiro, depois de superar Tsonga na estreia, ele não conseguiu manter o embalo e parou no uruguaio Pablo Cuevas, que posteriormente conquistou o título.

Duplas

Já nas duplas, o paulista Thomaz Bellucci e o gaúcho Marcelo Demoliner não resistiram aos argentinos Guillermo Duran e Andres Molteni e pararam na primeira fase. Os adversários não encontraram muitas dificuldades para cravar 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, e agoram enfrentam quem passar entre os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares, e Almagro com Eduardo Russi. Bellucci é o cabeça de chave 2 em simples, e estreia contra o lucky-loser espanhol Roberto Carballes Baena. #Entretenimento #Tênis #Resenha Esportiva