Após 12 anos atuando pelo Cleveland Cavaliers o brasileiro Anderson França Varejão, aos 32 anos de idade, vai atuar pelo atual campeão da #NBA o Golden State Warriors. Anderson chegou a Cleveland em 2004 e seu contrato com os Cavaliers chegou ao fim se tornando agente livre em fevereiro, com isso a franquia de Cleveland, tomou a decisão de trocá-lo.

A troca envolveu o brasileiro sendo mandado para o Portland Trail Blazers, que após conclusão da troca acabou dispensando o brasileiro que teria de receber um salário de 9 milhões de dólares, algo que estava fora da folha salarial dos Blazers. Assim Varejão ficou aberto para negociações e interessou equipes como Dallas Mavericks, San Antonio Spurs, Oklahoma City Thunder e Golden State Warriors, que foi visto como a melhor franquia para fechar negócio.

Publicidade
Publicidade

Anderson Varejão e seu agente fecharam contrato com o Golden State Warriors até o fim desta temporada. O pivô receberá o salário mínimo para veteranos na Liga Norte Americana (cerca de 1,5 milhão de dólares).

Anderson Varejão foi draftado pelo Orlando Magic no ano de 2004 e logo depois foi trocado para o Cleveland Cavaliers. Antes de ir para a NBA o pivô atuou no FC Barcelona da Espanha.

COMPANHEIRO DE SELEÇÃO

Um ano antes, Leandrinho Barbosa chegava ao Golden State Warriors para ser campeão da NBA. Leandrinho ganha um companheiro de seleção brasileira para atuar ao seu lado. Barbosa vem tendo média 6,4 pontos por partida a mais baixa de sua carreira na NBA. Leandrinho está em sua décima segunda temporada na Liga Norte Americana, tendo passado pelo Phoenix Suns, Toronto Raptors, Indiana Pacers e Boston Celtics.

Publicidade

GUERREIRO

Warriors, significado de guerreiro em inglês, ganha um pivô batalhador no ataque e guerreiro na defesa. Anderson Varejão nesta temporada atuou em 31 partidas pelo Cleveland Cavaliers, obtendo média de 2,6 pontos e 2,9 rebotes por partida também a mais baixa de sua carreira. Varejão está em sua décima primeira temporada na NBA.

A melhor temporada do pivô na Liga Norte Americana foi a de 2012-13, quando o brasileiro teve média de 14,1 pontos e 14,4 rebotes por partida. Em média atuava por 36 minutos nos jogos.  #Resenha Esportiva #Basquete