O que dizer da crise no tricolor paulista, que já perdura por anos? O "soberano" não ganha nada desde 2012, quando conquistou a Copa Sul-americana, último titulo do clube. Em se tratando de campeonatos nacionais, a situação ainda é pior, pois o último foi em 2008, quando o clube conquistou o terceiro brasileirão consecutivo, marca histórica até então. Mas depois disso parece que o time do Morumbi simplesmente morreu. A equipe sequer consegue emplacar uma boa sequência de vitórias ou manter um bom #Futebol por mais de dois jogos.

Crise em Clássicos

O ano de 2015 não foi nada favorável para o São Paulo nos clássicos, pois não conseguiu praticamente nenhum bom resultado em cima de seus rivais (Corinthians, Palmeiras e Santos).

Publicidade
Publicidade

A última vitória do tricolor paulista em cima de um rival foi contra o Corinthians em 2015, na fase de grupos da Libertadores, vencida por 2 a 0 em pleno Morumbi. Quando se trata de jogos como visitante as coisas ficam pior ainda, pois o clube não conseguiu vencer nenhum de seus rivais fora de casa, nem sequer um empate foi possível. Vale ressaltar que o São Paulo ainda foi eliminado duas vezes no ano para o Santos, tanto no Paulistão 2015, como na Copa do Brasil 2015 (título que o clube ainda não possui). E, para piorar ainda mais as coisas, o clube do Morumbi encerrou ano de 2015 da pior maneira possível, pois passou por um dos maiores vexames de sua história em Itaquera. Em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro (na ocasião já sido conquistado pelo Corinthians) o São Paulo foi visitar Itaquera, e com o time misto, o Corinthians conseguiu aplicar a maior goleada da história dos clássicos majestosos, nada mais nada menos que 6 a 1.

Publicidade

O mais próximo que o São Paulo chegou disso foi em 2005, quando venceu o Timão por 5 a 1 fora de casa. E foi assim que um dos piores anos do tricolor se encerrou.

Crise dentro e fora dos gramados

Se a crise dentro dos gramados está ruim, fora também não está nada legal. Dentro dos gramados o clube encara um péssimo futebol apresentado pelos jogadores (principalmente a defesa), a torcida continua impaciente, o ataque não é dos melhores e o treinador atual, Edgardo Bauza, ainda não conseguiu organizar o time. E fora dos gramados as coisas também não são muito legais, pois com toda a crise financeira, o clube paulista acumulou muitas dívidas e encontra muitas dificuldades para comprar bons jogadores. Uma das melhores contratações do ano ficou por parte de Diego Lugano, que voltou na função de substituir Rogerio Ceni como ídolo do clube. Kieza também veio, mas se mostrou indisponível para jogar o clássico contra o Palmeiras, no Pacaembu, e depois desse comportamento, o craque pode estar de saída para o Vitória.

Publicidade

Caller,i que está por empréstimo e até começou bem, mas não vem mais apresentando um bom futebol. 

A crise tricolor tem solução?

Muitos dizem que existe uma necessidade de mudança no clube, pois o mesmo não tem raça, não tem amor pelo manto. Porém, parece não ser só isso, pois o time não apresenta uma boa sequência do bons jogos, com isso, a torcida perde confiança e não comparece. Diante disso, ao que tudo indica, a única solução parece ser uma REFORMULAÇÃO. #Resenha Esportiva #Copa Libertadores 2016