Mais uma vez o brasileiro Thomaz Bellucci desperdiçou a oportunidade de ganhar pontos importantes no ranking de entradas da ATP. Na noite deste sábado (12), o tenista de Tietê foi superado pelo croata Borna Coric por duplo 6/2, em somente 1h26 de confronto, mesmo entrando no torneio como cabeça de chave 29. Com o resultado, o paulista amarga sua quarta derrota consecutiva, depois de ter ficado com o vice-campeonato do ATP 250 de Quito, no Equador. O Masters 1000 de Indian Wells é disputado em quadras sintéticas e distribui US$ 6.134.605 em premiações totais.

Depois de esboçar uma reação em Quito, o atual número 33 do mundo foi eliminado nas estreias do Rio Open e do Brasil Open, eventos em que também tinha condições de amealhar pontos importantes na busca por um inédito lugar no top 20.

Publicidade
Publicidade

Este foi o segundo encontro diante de Coric, 47º do ranking. No ano passado eles duelaram em Florianópolis em jogo válido pela Copa Davis, mas o brasileiro abandonou a partida no quarto set, alegando um mal-estar.

A grande diferença na partida deste sábado foi a competência do croata em converter suas oportunidades de quebrar o serviço de Bellucci. Em 10 tentativas, ele obteve êxito em metade delas para decretar o elástico placar. O canhoto brasileiro, por sua vez, só tirou serviço de Coric por uma vez, em 9 chances que construiu ao longo dos dois sets. Bellucci saiu de quadra com 44 pontos vencidos, diante de 67 do oponente de 19 anos, que agora encara o tcheco Tomas Berdych, sexto pré-classificado.

Brasileiros nas duplas

Bellucci segue vivo na chave de duplas, ao lado do argentino Guido Pella.

Publicidade

Na sexta-feira (11), a dupla sul-americana surpreendeu o time formado pelo finandês Henri Kontinen e o australiano John Peers por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8-6) e 7/5. Na sequência do evento, Bellucci e Pella aguardam por quem passar do encontro entre Vasek Pospisil e Jack Sock ou Aisam-Ul-Haq Qureshi e Gilles Simon, valendo vaga nas quartas de final.

Já o mineiro Marcelo Melo e seu habitual parceiro, o croata Ivan Dodig, entraram na torneio como cabeças de chave 2. Na estreia, eles enfrentam os argentinos Juan Martin Del Potro e Leonardo Mayer. Bruno Soares, conterrâneo de Melo, e que será seu parceiro na Rio 2016, joga ao lado do britânico Jamie Murray. Eles travam jogo duro diante de Treat Huey e Martin Klizan. #Entretenimento #Tênis #Resenha Esportiva