O #Corinthians não encontrou dificuldades para vencer o time do Cerro Porteño do Paraguai por 2x0, em partida realizada nesta quarta-feira, dia 16 de março, válida pela quarta rodada do Grupo 8 da Taça Libertadores da América 2016. O jogo foi realizado na Arena Corinthians, em Itaquera (São Paulo), que mais uma vez contou com grande público (mais de 42 mil pagantes compareceram ao estádio).

Os gols corintianos foram marcados por Lucca, aos 22 minutos do primeiro tempo, e pelo zagueiro paraguaio Víctor Mareco (contra), aos 16 minutos da etapa final.

Com o resultado positivo, o Corinthians retomou a liderança do grupo, agora com nove pontos ganhos, seguido pelo Santa Fe da Colômbia, que está na segunda colocação com sete pontos, mesmo número de pontos do Cerro Porteño, que está na terceira colocação do grupo por ter um saldo de gols menor (zero contra três do time colombiano).

Publicidade
Publicidade

Na “lanterna” do grupo está o Cobresal do Chile, que ainda não pontuou em quatro jogos disputados.

O Corinthians voltará a jogar pela Libertadores somente no dia 06 de abril, quando irá a Colômbia para enfrentar o Santa Fe, em jogo que valerá a liderança do grupo.

O Jogo

O primeiro tempo foi de domínio total do Corinthians (quase 70% de posse de bola). Bastante seguros em campo, os comandados do técnico Tite foram para cima do Cerro Porteño desde os primeiros minutos da partida. E a pressão surtiu efeito logo aos 22 minutos, quando Lucca abriu o placar para o timão, aproveitando uma sobra da defesa paraguaia. A pressão corintiana seguiu até o término da primeira etapa.

No segundo tempo, o Cerro Porteño equilibrou mais a partida. O time paraguaio saiu mais para o jogo e criou perigo para o time brasileiro.

Publicidade

No entanto, a sorte estava do lado corintiano, e, após lançamento de Lucca para a grande área adversária, o zagueiro paraguaio Víctor Mareco acabou cabeceando contra sua própria meta e marcando contra o gol que decretou a terceira vitória do Corinthians nesta Libertadores.

A Análise

Para o jornalista esportivo André Oliveira, o Corinthians foi superior durante todo o jogo e mereceu o triunfo, e, consequentemente, a retomada da liderança do Grupo 8 da Libertadores com nove pontos ganhos.

“Foi uma vitória segura sem maiores problemas. É verdade que o time corintiano esteve melhor na partida durante o primeiro tempo, quando dominou totalmente o adversário e marcou logo aos 22 minutos, acuando, ainda mais, os paraguaios. O esquema tático montado por Tite, com a marcação avançada, manteve o Cerro em seu campo de defesa, o que fez com que a bola permanecesse mais tempo rondando o gol paraguaio. No segundo tempo, o Corinthians deu uma recuada, o que não significou uma piora no desempenho do time.

Publicidade

Mesmo sendo mais atacados, os corintianos mantiveram o controle da partida e concretizaram merecidamente a sua importante vitória”, afirma Oliveira.

“Aos poucos, o time de Tite vai se encontrando em campo e, com isso, o Corinthians ganha ainda mais confiança para brigar por mais um título da Libertadores. Eu acredito que o time ainda precisa de alguns reforços pontuais, como um centroavante de ofício e um meia armador, mas o elenco que está aí não é ruim. Um ponto muito positivo em favor dos corintianos é o apoio da torcida. A Arena já se transformou em um verdadeiro ‘alçapão’ e vai ser difícil vencer o Corinthians lá. Eu vejo o time de Tite como um dos favoritos ao título este ano”, conclui o jornalista. #Copa Libertadores 2016 #Copa Libertadores