Ao contrário do treino monótono, a corrida do GP da Austrália, no circuito de Albert Park, foi cheia de surpresas. Logo na largada, um dos carros da equipe Red Bull, ficou parado. O piloto Daniil Kvyat foi recolhido aos boxes para tentar uma largada de lá, obrigando os outros pilotos a darem mais uma volta de apresentação.

Na largada, os dois carros da Mclaren que ocupavam 1ª e 2ª posições com Hamilton e Rosberg, foram superados pelas Ferraris de Vettel e Raikkonen, as posições depois da primeira volta ficaram: 1ª Vettel, 2º Raikkonen, 3º Rosberg, 4º Verstappen, 5º Massa e 6º Hamilton. Logo na 5ª volta, Hamilton realiza a ultrapassagem em Felipe Massa.

Publicidade
Publicidade

O piloto brasileiro aguarda a estreia do novo pacote aerodinâmico do seu carro Williams, que pode deixar o carro mais equilibrado e evoluir no decorrer da temporada. 

Na 11ª volta, os carros começaram a parar nos boxes para realizarem suas trocas de pneus. Dos líderes, o primeiro carro a parar foi o de Rosberg, na 12ª volta, optando por pneus macios. Na sequência, na 14ª volta, Vettel, optando por pneus super macios, na 16ª volta, o Hamilton escolhendo pneus médios, acreditando em um período maior para a próxima troca. Raikkonen para na mesma volta e opta por pneus super macios.

Na 17ª volta, Gutierrez se envolve em um acidente muito forte com o  Alonso. O carro do espanhol, foi completamente destruído, decolou e rodou várias vezes no ar. A prova foi interrompida.

Os pilotos saíram dos carros e alguns tiraram os seus capacetes, aguardando a confirmação da relargada.

Publicidade

As posições antes da interrupção da prova eram as seguintes: 1ª Vettel, 2ª Rosberg, 3ªRaikkonen, 4ª Ricciardo, 5ª Verstappen, 6ª Sainz, 7ª Hamilton, 8ª Massa, 9º Grosjean e na 10ª Hulkenberg.

A relargada foi de dentro dos boxes com Safety Car, por sinal uma linda Mercedes SLS AMG. Na 20ª volta, os carros voltaram à corrida. Na 23ª volta Raikkonen entra nos boxes com sua Ferrari pegando fogo e abandona a prova.

Vettel para nos boxes na 36ª volta. Rosberg assume a liderança. O piloto teve sua volta prejudicada por conta de uma roda que demorou para ser trocada. 

O inglês Hamilton ocupa a segunda posição quando Ricciardo para nos boxes. Vettel chega a 3ª posição e Massa na 4ª. Vettel chega em Alonso com seus pneus macios novos, mas comete um erro a duas voltas do final, frita os pneus e sai da pista, com isso, perde o contato com Hamilton. Bom para Rosberg que leva o GP da Austrália.

Classificação final do GP da Austrália: 

1) Nico Rosberg (ALE/Mercedes)

2) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +8s

3) Sebastian Vettel  (ALE/Ferrari) - + 9,6s

4) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - + 24s

5) Felipe Massa (BRA/Williams) - + 58,9s

6) Romain Grosjean (FRA/Haas) - + 72s

7) Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - + 74s

8) Valtteri Bottas (FIN/Williams) - +75,1s

9) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) - + 75,6s

10) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - +76,8s

11) Jolyon Palmer (ING/Renault) - + 83,3s

12) Kevin Magnussen (DIN/Renault) - + 85,6s

13) Sergio Perez (MEX/Force India) - + 91,6s

14) Jenson Button (ING/McLaren) - + 1 volta

15) Felipe Nasr (BRA/Sauber) - + 1 volta

16) Pascal Wehrlein (ALE/Manor) - + 1 volta

A próxima prova será no Bahrein, daqui a duas semanas.

Publicidade

#Automobilismo #Blasting News Brasil