Depois de muita controvérsia sobre a possibilidade de #Neymar ficar de fora dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, por conta de uma possível proibição do Barcelona, o cenário fica favorável para que a principal estrela do Brasil esteja à disposição do técnico Dunga. Segundo Luis Enrique, treinador do badalado esquadrão catalão, uma conversa sadia entre ambos pode solucionar o impasse.

Apesar de ser favorável ao fato de que Neymar tem um compromisso com a #Seleção Brasileira, Luis Enrique deixa no ar algumas ressalvas. Para o comandante do atual vencedor da Liga dos Campeões da Europa e do Campeonato Espanhol, é necessário que o clube esteja de acordo com as convocações e que a integridade física do atleta seja preservada.

Publicidade
Publicidade

É evidente que exista a preocupação de que o atleta, normalmente, o jogador mais "caçado" em campo possa vir a se machucar, e o Barcelona investiu alto para contar com o atacante revelado pelo Santos.

Entretanto, Luis Enrique e Dunga estão conversando sobre a liberação de Neymar, não somente para a disputa da Rio 2016, mas também da Copa América Centenária, um evento que desagrada os dirigentes dos principais clubes europeus. O atacante e capitão da Seleção Brasileira, além de ter demonstrado muito interesse em estar em ambas as competições, ainda precisará dispor de muito fôlego, com o andamento das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Além dele, Dunga tem convocado o lateral-direito Daniel Alves.

Elenco quase definido

Dunga já tem em mente o plantel que pretende convocar para os Jogos Olímpicos.

Publicidade

As regras do torneio incluem a participação de atletas com até 23 anos de idade, além de mais três jogadores fora dessa faixa etária. O treinador brasileiro adiantou, recentemente, que seus nomes preferidos para representar os "veteranos" são os do goleiro Alisson, do Internacional de Porto Alegre, do experiente zagueiro Miranda, titular da Inter de Milão, e obviamente Neymar.

O Brasil, apontado como um dos principais favoritos ao ouro, jamais chegou ao topo do pódio olímpico, tendo conquistado até então três medalhas de prata e outras duas de bronze. Já nas Eliminatórias, a Seleção ocupa no momento a terceira colocação na tabela de classificação e no final deste mês encara o Uruguai, dia 25 de março, em Recife, e depois desafia o Paraguai, dia 29, em Assunção. Neymar está no grupo convocado por Dunga, assim como Daniel Alves. #Futebol