Uma verdadeira bomba explodiu na madrugada dessa quinta-feira (10) na Sociedade Esportiva #Palmeiras, o técnico Marcelo Oliveira foi demitido, logo após o final da partida da Copa Libertadores da América. Informação que foi confirmada pelo atual gerente de #Futebol do Palmeiras Alexandre Mattos.

A derrota por 2 a 1 para a equipe do Nacional do Uruguai em pleno Allianz Parque foi o estopim para a diretoria do Palmeiras, que logo após o termino da partida, anunciou que Marcelo Oliveira não comandaria mais a equipe alviverde.

Marcelo Oliveira balançava no cargo, mas demissão do treinador pegou todos de surpresa, inclusive os próprios jogadores

Marcelo Oliveira já balançava no cargo, porém nem o torcedor mais pessimista imaginaria que ele pudesse ser demitido logo na terceira partida da fase de grupos da Libertadores.

Publicidade
Publicidade

Até os jogadores do Palmeiras foram pegos de surpresa, já que Marcelo de Oliveira cumpriu suspensão e nem pode ficar no camarote do estádio assistindo a partida.

Confira os detalhes da partida que derrubou o treinador do Palmeiras

A partida contra o Nacional começou com ambiente favorável ao Palmeiras. Estádio lotado, torcida vibrando e Palmeiras pressionando o adversário que, acuado, apenas se defendia.

Mas o velho problema no setor defensivo e a falta de criatividade pesaram na partida mais uma vez e o Palmeiras sofreu um verdadeiro apagão na partida.

E os sustos começaram com o atacante Nico Lopez do Nacional, que quase abriu o placar com um belo toque de calcanhar que parou na trave. Mas dois minutos após, ele não perdoou, e aproveitando o apagão da defesa, correu livre até a grande área para marcar na saída de Fernando Prass.

Poucos minutos depois, num contra ataque da equipe uruguaia Leandro Barcia ampliou o placar para o Nacional ainda no primeiro tempo.

Publicidade

Gabriel Jesus descontou para o Palmeiras e a partida terminou o primeiro tempo em dois a um.

O segundo tempo foi praticamente um jogo de ataque e defesa. O Palmeiras pressionou do início ao fim, mas não conseguiu empatar a partida. O lance mais marcante foi a bola que tocou caprichosamente na trave aos 50 minutos do segundo tempo em bola alçada na área.

Após a derrota, o Palmeiras ocupa a segunda posição em seu grupo com quatro pontos e o Nacional vem a frente com cinco pontos.

O Palmeiras agora para se classificar, deverá no mínimo vencer e empatar as duas próximas partidas fora de casa contra o Nacional e o Rosário Central para ainda sonhar com o bicampeonato da Libertadores. #Copa Libertadores 2016