O mundo deve presenciar nesta segunda-feira (7) a despedida de uma das tenistas mais conhecidas do mundo. A russa, praticamente radicada nos Estados Unidos, Maria Sharapova deve anunciar em coletiva de imprensa a sua despedida das quadras - a entrevista derradeira está marcada para às 12h no horário de Los Angeles (local do anúncio), 17h no horário de Brasília. 

Veículos ingleses, como o Daily Mirror e o Independent, cravam o anúncio de aposentadoria por problemas físicos da atleta russa. Nos últimos 8 meses, Sharapova disputou apenas três torneios, entre eles o Australian Open. Ainda de acordo com os veículos, dores no braço e ombro direito estariam incomodando Sharapova, que já havia passado por cirurgia em 2013 para correção do problema no ombro. 

Vale lembrar que na última quinta-feira (3), Sharapova anunciou que estava desistindo do torneio de Indian Wells, um dos campeonatos mais importantes da temporada.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a tenista, ela estaria sentindo dores no antebraço esquerdo, mas deixou o recado de que retornaria para disputar a edição do próximo ano. 

Assim, é especulado que o anúncio de hoje possa ser mais um hiato na carreira da atleta, que conta com projetos comerciais. Não é descartada a possibilidade de que o discurso previsto para mais tarde seja parte de estratégia para uma de tantas empreitadas de marketing de Sharapova. O treinador da atleta, Max Eisenbud, afirmou no mês passado que acha difícil essa ser a última temporada da russa, apesar de que ele tenha colocado como importante a tenista estar saudável.

Carreira

Sharapova iniciou a carreira ainda em 2002, de forma precoce. Com apenas 17 anos, a russa se tornou a segunda jogador mais nova a vencer o torneio de Wimbledon, que foi o seu primeiro Grand Slam da carreira.

Publicidade

Um ano mais tarde, com 18 anos, a tenista alcançou o posto máximo da WTA, se tornando a número 1 do mundo. Em 2006, venceu o US Open, em 2008, o Australian Open e, em 2012, completou a série dos Grand Slams ao vencer Roland Garros, do qual foi bicampeã em 2014. Ao todo na carreira foram 35 títulos no circuito da WTA em simples e 3 em duplas - se encerrar a carreira hoje, deixa um grande legado.  #Tênis