A luta, válida pelo #UFC 196, foi definida ainda no segundo round, quando o lutador da casa conseguiu desferir vários golpes contra McGregor para, na sequência, levá-lo ao chão. Muito cansado e já machucado - apesar de ter iniciado bem o combate -, o irlandês não resistiu ao constante ataque de Nate Diaz e foi derrotado por finalização, com um mata-leão, ao ficar por baixo. Com a derrota, ele deixou escapar uma série invicta de 15 lutas. McGregor, que se aventurou na categoria meio-médio, já se prontificou a defender o cinturão dos penas, conquistado diante de José Aldo.

O confronto era um dos mais aguardados das últimas semanas e foi marcado por provocações de ambos os lutadores antes do embate.

Publicidade
Publicidade

Inicialmente, quem iria enfrentar Conor McGregor era o brasileiro Rafael dos Anjos, mas uma fratura no pé o tirou do card. Diaz foi escalado às pressas e não decepcionou, demonstrando estar em plena forma. Para delírio da plateia que lotou a arena da MGM, em Las Vegas, o norte-americano bradou com o triunfo e chegou a falar alguns palavrões após o anúncio da vitória.

Com o revés de McGregor, a aguardada revanche entre ele e o brasileiro José Aldo pela categoria dos penas deverá acontecer ainda em 2016. Os dois se digladiaram recentemente pelo cinturão da categoria dos peso penas, e o irlandês liquidou com Aldo e somente 13 segundos de duelo, com uma sequência impressionante, levando o rival à lona. Aldo, que durante muito tempo manteve o cinturão, tem mais chances de se vingar de McGregor, mas Frankie Edgar também está cotado para brigar pelo título.

Publicidade

O brasileiro não deixou a oportunidade de provocar o irlandês escapar e o provocou através das redes sociais, o convocando para a revanche, no UFC 200. McGregor, por sua vez, na coletiva de imprensa concedida depois da derrota, disse que Aldo merece uma nova oportunidade por ter ficado 10 anos invicto - apesar de "se machucar demais" -, mas que Edgar é um nome que não pode ser descartado, dado os resultados obtidos por ele dentro dos octógonos. Outros brasileiros se manifestaram sobre o resultado do confronto e pontuaram a "soberba" de McGregor, reafirmando que ele precisa a ter mais respeito contra seus oponentes. #Resenha Esportiva