O Prêmio Laureus, que condecora os principais esportistas do ano, anunciou nesta quarta-feira, em Berlim, os concorrentes desta edição. Entre os homens, a briga promete ser boa, com a presença de grandes estrelas do esporte mundial, nas mais diversas categorias. O Laureus também soltou a lista com os destaques entre as mulheres, equipes, melhor retorno, atleta revelação, em esportes radicais e do programa paraolímpico. A cerimônia, conhecida como o "Oscar do Esporte", acontece no dia 18 de abril, na capital alemã.

A disputa entre os homens terá a disputa acirrada, pois todos os nomes conseguiram alcançar grandes feitos em 2015.

Publicidade
Publicidade

O jogador de futebol argentino Lionel Messi, do Barcelona, terá como adversários Stephen Curry, eleito o melhor da NBA atuando pelo campeão Golden State Warriors, o tenista sérvio Novak Djokovic, número 1 do ranking mundial e vencedor de 3 Grand Slam em 2015, o velocista jamaicano Usain Bolt, o britânico tricampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton, e o norte-americano golfista Jordan Spieth.

Entre as mulheres, a tenista líder do ranking Serena Williams é a favorita. A norte-americana, assim como Djokovic, faturou 3 Grand Slam em 2015. Ela terá a concorrência da etíope Genzebe Diaba, do atletismo, da esquiadora austríaca Anna Fenninger, da jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce, que conquistou o tricampeonato mundial nos 100 metros rasos, e das compatriotas Katie Ledecky, nadadora de somente 18 anos, e Carli Lloyd, campeã do mundo no futebol.

Publicidade

Já o prêmio para os melhores times e equipes contam com modalidades bem diversificadas. No #Tênis, os britânicos concorrem após a conquista da Copa Davis, mas têm a difícil missão de superar os favoritos do "All Blacks", a seleção de rugby da Nova Zelândia, campeã mundial. Além disso, o Barcelona tem como trunfo o título da Liga dos Campeões da Europa e do Campeonato Espanhol, assim como o Golden State Warriors conta com a popularidade do basquete. A equipe Mercedes mais uma vez sobrou na Fórmula-1 com o título de Hamilton e dos Construtores, e por fim a seleção norte-americana de futebol, que conquistou a Copa do Mundo.

Mineirinho e Bob Burnquist: Os radicais

O paulista Adriano de Souza, o Mineirinho, será um dos representantes brasileiros na disputa do Laureus deste ano, na categoria esportes radicais. O experiente surfista enfim conquistou seu primeiro título da elite mundial, ao superar o australiano Mick Fanning e o compatriota Gabriel Medina na última etapa do mundial, no Havaí. De quebra, o surfista de 28 anos tornou-se o primeiro brasileiro a vencer a etapa de Pipeline, umas das mais difíceis do circuito. Já o skatista carioca Bob Burnquist brilhou no X-Games ao ganhar duas medalhas de ouro, contabilizando assim 29 no total, sendo que 14 são douradas.  #Entretenimento #Resenha Esportiva