Franco Cervi é o mais novo jogador do Benfica, que depois de muitas negociações vai chegar ao clube português no próximo mês de Julho. Tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, o argentino de 21 anos, apontado como um talento de elite mundial, até era para ter chegado a Portugal no mês de janeiro, porém várias complicações fizeram com que o jovem apenas chegue ao Benfica na próxima temporada. Nas redes sociais, os portugueses, principalmente das torcidas dos rivais, demonstraram muita surpresa e choque por saberem que o Benfica tinha contratado um jovem da classe de Cervi.

Apesar de estar na liderança do Campeonato português e nas quartas de final da Liga dos Campeões, a direção do Benfica está já preparando a próxima temporada, continuando com a sua nova política esportiva: contratar jovens baratos, principalmente sul-americanos, para mais tarde conseguir vender aos gigantes europeus por verdadeiras fortunas.

Publicidade
Publicidade

Com o negócio completamente fechado e assegurado, em uma coletiva de imprensa na Argentina, Franco Cervi falou pela primeira vez sobre a sua ida para o Benfica, garantindo que continua com muita tranquilidade e que está aproveitando ao máximo os seus últimos momentos ao serviço do Rosario Central, o time que permitiu ao jovem dar o passo que a maioria dos jogadores sul-americanos tanto sonham: jogar na Europa em um dos clubes com maior visibilidade mundial para os seus craques.

Assim, e tal como já aconteceu com o FC Porto, que já contratou vários jovens para o próximo ano, o Benfica tenta ao máximo proteger o plantel de possíveis saídas no próximo verão europeu. Tanto Renato Sanches como Jonas, dois dos melhores jogadores do clube português, estão sendo muito seguidos por vários gigantes europeus, incluindo o Manchester City e o United, sendo que a direção do clube não quer que o seu técnico Rui Vitória fique sem boas opções para a próxima temporada.

Publicidade

Contudo, enquanto os novos jogadores não chegam, o Benfica tenta ao máximo revalidar o título de Campeão e chegar o mais longe possível na prova europeia mais importante para os clubes. #Negócios #Futebol Internacional