A situação do Palmeiras no começo da temporada não é nada boa. Na Libertadores, torneio mais visado do ano, o clube está perto de ser eliminado. Se não vencer o Rosário Central e o River Plate, vai deixar a competição na primeira fase. O planejamento de 2016 foi montado para tentar conquistar a América de novo. No Paulistão, já são três derrotas para times considerados pequenos: Ferroviária, Linense e Audax. 

Com a queda de Marcelo Oliveira do comando técnico, Cuca ainda não conseguiu fazer seu trabalho. No cargo há duas semanas, o treinador teve que juntar o que o time tinha de melhor e mandar para campo. A derrota para o Nacional no Uruguai mostrou muitas fragilidades da equipe. 

Internamente o trabalho de Alexandre Mattos, executivo de #Futebol, começa a ser questionado.

Publicidade
Publicidade

Desde que assumiu a função, em dezembro de 2014, já foram 33 contratações. Dessas, 25 ocorreram em 2015. Mattos explica que era necessário ter uma equipe totalmente nova.

Membros do Conselho Deliberativo cobram o presidente Paulo Nobre por conta da folha salarial. Hoje o clube gasta R$ 3,5 milhões mensais com salários, excluindo os vencimentos de Lucas Barrios (são bancados pela Crefisa). E o maior problema são os resultados que não estão aparecendo. 

Mattos entende que o #Palmeiras pode ir ao mercado novamente e concretizar novas contratações. Cuca já pensa em alguns nomes e deve se reunir até sexta-feira para passar para a diretoria. Alguns nomes também devem deixar o clube ou serem emprestados, dependendo de como o contrato for analisado. 

Caso Érik

Érik veio do Goiás e foi a contratação mais cara do clube.

Publicidade

Só com a chegada do atleta foram gastos R$ 13 milhões. Bastante elogiado por Marcelo Oliveira, o atleta não vem sendo aproveitado como deveria ser. Insatisfeito, Érik procurou por Mattos para conversar. O sonho do jogador é ser convocado e disputar as Olimpíadas. Sem chance de aparecer e sem sequência de jogos, vestir a camisa da seleção fica bastante distante. 

Nesta quinta-feira, com a ausência de Gabriel Jesus, o jovem atacante deve assumir a titularidade. Palmeiras e Red Bull se enfrentam no Pacaembu pelo Campeonato Paulista.  #Copa Libertadores 2016