O que já era certo foi concretizado neste domingo (13). O Paris Saint Germain tornou-se campeão francês pela sexta vez em sua história. Foi também a quarta de maneira consecutiva.

O triunfo da equipe francesa veio depois do massacre sobre o lanterna da competição, o Troyes, por 9 a 0 fora de casa. Como não podia deixar de ser, teve um pequeno show particular de Zlatan Ibrahimovic. O sueco marcou quatro gols na goleada. Cavani (2), Rabiot, Pastore e Saunier (contra) completaram o placar.

A campanha do time da capital foi simplesmente irrepreensível. O campeonato foi conquistado na 30ª rodada, oito rodadas de antecedência e 25 pontos de diferença sobre o Mônaco, segundo colocado.

Publicidade
Publicidade

O jogo do título

Não poderia ter um adversário mais fácil do que o Troyes para o jogo derradeiro para a confirmação do título já anunciado. Aos 18 minutos de partida, o placar apontava 3 a 0 para o PSG. Na etapa complementar, os visitantes não precisaram fazer muito esforço para golear os donos da casa. O camisa 10, Ibrahimovic fez três gols em 11 minutos de jogo no segundo tempo. 6 a 0. 

O sétimo gol foi apenas um presente dos anfitriões. após cruzamento da lateral, Saunier empurrou a bola contra as próprias redes. Cavani, de pênalti, marcou o oitavo gol. E o úlitmo tinha que ser dele. Ibra, após cruzamento de Kurzawa, bateu de primeira e fechou a impiedosa goleada.

O fanfarrão sueco. PSG campeão Francês

E o principal astro do time, o fanfarrão Ibrahimovic, chegou ontem a marca de 27 gols na temporada 2015/2016.

Publicidade

O segundo na corrida pela artilharia é seu companheiro de equipe Edinson Cavani, que marcou 13 até o momento.

Ibra ao final da partida disse que não sabe se permanecerá no clube francês ao final da atual temporada. Seu contrato se encerra no final de junho de 2016.

- “No momento, eu não estarei no PSG na próxima temporada. Eu ainda tenho um mês e meio aqui. Se eles substituírem a torre Eiffel com uma estátua minha, então eu vou continuar. Eu prometo” – disse o jogador seguido de risos.

Com mais esta conquista, o sueco chegou ao seu 13º título de uma liga nacional na carreira. Ele já havia ganho um Espanhol (Barcelona), seis Italianos (um pelo Milan, três pela Internazionale e dois pela Juventus), dois do Holandês (Ajax) e agora quatro do Francês (PSG). #Resenha Esportiva