O slogan é do Barcelona, mas encaixa-se perfeitamente no Rayo Vallecano. O time menos famoso de Madri é muito mais do que um clube de #Futebol, fazendo a tão potente e tão pouco utilizada ponte entre futebol e política. Este é um importante mecanismo para lembrar que futebol não é apenas um show de entretenimento, mas também cultura popular, reunião, identidade e ação coletiva.

O Rayo tem longa história de luta anti-fascista e de ações sociais. Isso inclui o próprio bairro onde está situado, Vallecas. Município independente de Madri até 1950, Vallecas ficava entre a capital espanhola e Valência, sendo assim um ponto político importante.

Publicidade
Publicidade

Durante a Guerra Civil Espanhola, Vallecas resistiu a diversos ataques franquistas. Majoritariamente operário e de esquerda, Vallecas fez do Rayo Vallecano parte importante de suas bandeiras, carregando no futebol, não apenas o nome do bairro, mas sua história e sua forma de pensar a sociedade.

Em 2015 tivemos mais um momento dessa trajetória, momento esse que ainda se estende até hoje,  em boa parte dos jogos em que o Rayo está em campo. Trata-se do terceiro uniforme do time. Para a temporada 2015-2016, o Rayo Vallecano não apenas lançou uma nova linha de uniformes, como também uma campanha, uma "homenagem a todos os heróis anônimos que lutam a cada dia". Uma insígnia resume a ideia: "Vuestra lucha, vuestro ejemplo, será nuestro espejo y nuestra homenaje".

Com esse objetivo, o segundo uniforme do Rayo Vallecano traz, nesta temporada, uma série de listras coloridas transversais, unidas.

Publicidade

Formam um arco-íris, posicionando o clube "com os que lutam contra a discriminação por orientação sexual". Cada cor do arco-íris refere-se a um outro posicionamento do Rayo:

Vermelho: com os que lutam contra a AIDS.

Laranja: com os que lutam pela integração das pessoas com deficiência.

Amarelo: com os que nunca perdem a esperança.

Verde: com os que lutam para proteger o meio-ambiente.

Azul: com os que lutam contra os maus-tratos contra as crianças.

Lilás: com os que lutam contra a violência de gênero.

A cada camisa do segundo uniforme vendida, sete euros são destinados a organizações que tratam das bandeiras carregadas pelo Rayo.

Já o terceiro uniforme traz uma faixa rosa sobre um fundo cinza, homenageando todos os que lutam contra o câncer. Nesse caso, a cada camisa vendida, cinco euros são doados a instituições que apoiam pessoas com câncer.

Por encampar todas essas lutas, levar esses debates para o futebol e fazer do esporte um espaço de reflexão sobre a sociedade, o Rayo Vallecano é muito mais que um clube. Como diz o hino do Rayo, "O Rayo Vallecano, do jogar, faz virtude".