Carrillo está oficialmente de volta ao Sporting e foi hoje novamente apresentado ao serviço, porém vai ser por pouco tempo. Tal como garante o jornal “Correio da Manhã”, um membro da direção do Sporting revelou que o clube não tenciona que ele seja reintegrado no time principal e que hoje foi apenas apresentado porque a sua suspensão tinha terminado. Mais cedo do que era previsto, Carrillo se deslocou às instalações do clube, onde foi fotografado pelos jornalistas, saindo três horas mais tarde do local, sem querer falar aos jornalistas.

A novela Carrillo parece não ter fim. Depois do jogador peruano ter confirmado a traição ao Sporting, por ir a custo zero para o rival Benfica, agora é a vez do clube leonino, que ainda tem contrato com o jogador até junho se aproveitar dos serviços do jogador.

Publicidade
Publicidade

Com a clara intenção de colocar o jovem Carrillo sem ritmo competitivo, a estratégia de vingança do Sporting é clara: deixar o atacante sem jogar praticamente um ano para chegar ao rival em baixo de forma.

Tal como garante o jornal “Correio da Manhã”, apesar dos sportinguistas terem ficado surpreendidos com a apresentação de Carrillo hoje, dia 14 de março, no centro de treinamentos do clube, a verdade é que essa apresentação já estava prevista a imenso tempo, de tal forma que o peruano até chegou mais cedo do que previsto ao local para não correr o risco de ter mais uma suspensão por incumprimentos de horário - algo que já aconteceu no passado no Sporting, desde a chegada do seu presidente Bruno de Carvalho.

Assim, resta agora a Carrillo treinar à parte do time do Sporting para tentar manter a sua forma para quando chegar ao rival Benfica, poder jogar de imediato.

Publicidade

Porém, o pesadelo de Carrillo, que começou em setembro, parece nunca mais terminar, visto que o jovem até já perdeu o seu lugar na seleção peruana, que era a sua única oportunidade para ter algum tempo de jogo até junho. Conseguirá o atacante manter a forma para a próxima temporada depois de um ano dramático que ele gostaria de esquecer? #Futebol #Europa #Futebol Internacional