O Atlético-MG enfrentou o Racing, nesta quarta-feira (27) pela #Copa Libertadores da América, jogo válido para a vaga nas quartas de final. O jogo aconteceu no estádio El Cilindro em Avellaneda, na “Argentina, ás 19h30“.

O Galo havia enfrentado o time adversário da Argentina, pela última vez em 13 de julho de 1969, no Mineirão em Belo-Horizonte. Na ocasião o Atlético-Mineiro venceu o Racing por 3 a 1 e de lá para cá foram muitos anos sem se confrontarem. 

O jogo do Atlético-MG e do Racing

Apesar da pressão que aconteceu no estádio El Cilindro, o clube mineiro conseguiu o empate e barrou o adversário. A torcida do Racing estava embalada e empurrou o time, mas o Atlético foi guerreiro e se manteve firme diante dos torcedores argentinos.

Publicidade
Publicidade

Os jogadores  honraram a camisa do clube Atlético e lutaram em campo e o goleiro Víctor ajudou o time com defesas importantes

A decisão para saber quem irá para as quartas de final será na próxima quarta-feira (4) de maio, no estádio Independência, no Horto em Belo-Horizonte. Os torcedores atleticanos conhecem a mística "caiu no Horto tá morto" e no "eu acredito" e com certeza contarão com a sorte a favor do clube.

Alexandre Kalil (ex-presidente do Atlético-MG) disse a célebre frase "o adversário treme diante do GALO, quando vem jogar no Horto". A torcida deverá lotar o Independência para apoiar o time alvinegro rumo à conquista do 2º título na  Libertadores.

Em 2013, o goleiro Víctor defendeu um pênalti que entrou para a história do clube e o time conseguiu o  1º troféu de Campeão da Copa Libertadores da América.

Publicidade

Acompanhe os melhores momentos do Atlético-MG contra o Racing

A escalação do Atlético contou com: Víctor (goleiro), Robinho, Lucas Pratto, Dátolo, Leandro, Donizete, Júnior Urso, Rafael, Carioca, Douglas Santos, Erazo, Leonardo Silva, Marcos Rocha e o técnico Diego Aguirre.

No primeiro momento do jogo, o jogador Romero do Racing assusta ao mandar uma bola do meio-campo para o gol de Víctor, mas ela passa por cima da trave.

Aos 3 minutos Sanchez dá uma cabeçada ao gol e Víctor defende, Léo Silva recebe um amarelo por ter feito falta em Lisandro Lopez.e Grimi do Racing faz um gol, mas estava impedido.

Aued faz falta em Pratto, ótima oportunidade para fazer o primeiro gol, mas o jogador não faz e Rafael Carioca toma um cartão amarelo, ele fez falta em Romero.

Marcos Rocha manda uma bola para a área, Pratto joga de cabeça e passa por cima do gol. o jogo se mostra difícil para os dois times, que se defendem e atacam; Dátolo ganha a bola na esquerda manda para a área e Júnior Urso quase finaliza, mas a bola bate na trave do goleiro Saja.

Publicidade

O juiz apita, aos 48 minutos e finaliza o primeiro tempo,

O 2º tempo começa e Víctor defende uma bola de Erazo. Robinho ao cobrar um escanteio é atingido por coisas lançadas pelos torcedores e o atinge. O jogo recomeça aos 14 minutos e Robinho manda uma bola para Pratto e ele chuta com perigo para o gol de Saja.

O técnico Aguirre substitui Dátolo por Clayton e Júnior Urso recebe um amarelo. Robinho é substituído por Cazares e Lisandro Lopez dá um soco em Víctor, que é atendido em campo. O juiz dá 4 minutos a mais para a bola rolar e aos 49 minutos o jogo acaba.

#Resenha Esportiva #Atlético Mineiro