Tite não gostou da atuação do time no jogo contra o Audax, que custou a desclassificação do Paulistão, e muda a equipe para o jogo desta quarta-feira (27), contra o Nacional-URU, pela Copa Libertadores. Com o objetivo de ter mais rapidez e criatividade no meio de campo, o técnico tira Guilherme do time titular e mantém Rodriguinho, jogador que já o havia substituído no intervalo da partida. No entanto, o “xodó” da Fiel, o atacante Romero, continua no banco de reservas. Para esta primeira disputa das oitavas de final da #Libertadores, o  time entra em campo com: Cássio, Fagner, Felipe, Yago, Uendel, Bruno Henrique, Alan Mineiro, Elias, Rodriguinho, Lucca e André.

Publicidade
Publicidade

O duelo #Corinthians x Nacional, no Estádio Parque Central, em Montevidéu, terá transmissão, ao vivo, da Rede Globo e canais Sportv e Fox Sports, às 21h45.

Os demais atletas, incluindo Guilherme, ficarão à disposição do treinador para uma eventual substituição. Em tratamento por lesão, Rildo, Willians e Giovanni Augusto não viajaram, enquanto Marquinhos Gabriel continua a fazer trabalho de aprimoramento físico no CT Joaquim Grava.

No último treino antes do jogo, no gramado do próprio estádio Parque Central, Tite insistiu no posicionamento dos jogadores defensivos para as jogadas aéreas. O Nacional, que estava no grupo do eliminado Palmeiras, tem esse tipo de ataque como um ponto forte, e procura sempre alçar bolas altas na área adversária, em escanteios, cobranças de faltas e penetrações pela linha de fundo.

Publicidade

Com muita conversa, ele orientou Rodriguinho e Elias a ficarem próximos da área e pediu especial atenção para os deslocamentos rápidos e com os possíveis rebotes da defesa.

Apesar de o Corinthians ter retrospecto positivo nos últimos anos contra equipes uruguaias – não perde desde 2000 - Tite procurou fazer um trabalho emocional específico para “levantar a moral”, após o trauma da desclassificação. Em 2015, o Timão goleou o Danúbio, por 4x0, na Arena Corinthians, mas o atual adversário tem tradição em competições internacionais e foi campeão mundial em três ocasiões. Em sua carreira como técnico, Tite jamais perdeu para times do Uruguai.

O técnico Gustavo Munúa deve ter o time titular completo para a partida: Conde, Fucile, Victorino, Polenta, Espino, Porras, Romero, Barcia, Sebá Fernández. Ramírez e Nico López. #Copa Libertadores 2016