O Cruzeiro foi derrotado pelo América-MG por 2 a 0 neste sábado, no estádio Independência. O #Cruzeiro perdeu, também, sua invencibilidade no Campeonato Mineiro que durou 11 partidas. Com a vitória o América-MG poder perder por até um gol de diferença na partida de volta, no Mineirão, que estará na final do Campeonato Mineiro. A próxima partida acontecerá no dia 24/04, domingo, às 16h00, no Mineirão

O jogo 

O primeiro tempo começou agitado, o Cruzeiro tinha mais posse de bola, já o América-MG jogava defensivamente apostava nos contra ataques. Lucas Romero, aos 7 minutos, chutou de fora da área, a bola foi por cima do gol de João Ricardo.

Publicidade
Publicidade

5 minutos depois, Alisson arrancou  pelo lado esquerdo, p cruzou para a área, e Rafael Silva não consegui chutar a bola. Aos 17 minutos, falta cobrada para a área, Rafael Silva cabeceia e João Ricardo segura firme. 

A raposa chegou abrir o placar aos 22 minutos, mas o árbitro corretamente anulou o gol de Rafael Silva. Enfim, o América-MG apareceu, aos 41 minutos, falta cobrada para a área, Sueliton desviou de cabeça e Adalberto mandou para o fundo das redes de Fábio. O América foi para o vestiário vencendo por 1 a 0. 

Logo no início do segundo tempo, Élber recebeu bom lançamento na área, fintou João Ricardo e toco em direção ao gol, mas a bola vai para fora. Aos 9 minutos, Rafael Bastos chutou cruzado, e Fábio espalmou. No rebote Bryan chutou e novamente Fábio espalmou mandando pra escanteio.

Publicidade

Logo em seguida, Tiago Luis cruzou a bola na área com curva e a bola bateu no trave de Fábio. Pisano, aos 21 minutos,  recebeu a bola na direita, cortou a marcação e bateu para o gol. João Ricardo fez a defesa em dois tempo. 

O América chegou aos 26 minutos, Victor Rangel recebeu passe após lateral e, arriscou de bicicleta mesmo sem ângulo . Fábio espalmou para escanteio. 4 minutos depois, um contra ataque mortal.  Pablo avançou, cruzou rasteiro e Victor Rangel só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes. Daí em diante, o América-MG ficou se defendendo e esperando o apito final para segurar a vitória pelo placar de 2 a 0.