Neste domingo, foi conhecido o segundo finalista do Campeonato Gaúcho de 2016. Jogando com muita bravura e transpiração, o Juventude conseguiu segurar o Grêmio dentro da Arena, em Porto Alegre, e obteve a tão sonhada vaga. Como havia feito 2x0 no jogo de ida em Caxias do Sul, a derrota por 3x1 na capital foi suficiente para o Juventude garantir presença na final. 

No sábado, por outro lado, o Inter fez a sua parte e buscou a classificação jogando no Passo D'Areia, na Zona Norte de Porto Alegre, contra o elogiável time do São José. Como haviam empatado em 0x0 na partida de ida no Beira-Rio, o confronto estava totalmente aberto.

Publicidade
Publicidade

Mas, no segundo tempo, o zagueiro Ernando fez o gol da vitória e da classificação do Inter, que agora vai em busca do seu hexacampeonato estadual.

Com mais uma classificação à final gaúcha, o Inter demonstra que segue firme em busca da hegemonia no estado. Nos últimos 10 anos, o colorado só não esteve uma única vez na decisão. Em 2007, vivendo a ressaca moral dos grandes títulos do ano anterior, o time não foi bem no Gauchão e caiu na primeira fase. Naquela ocasião, o #Grêmio venceu o torneio sobre o Juventude na final.

Ainda em cima dos números, o Inter partirá em busca da sua oitava conquista gaúcha em 10 anos, sendo a sexta de forma consecutiva. Os colorados sagraram-se campeões estaduais nos anos de 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015. Das sete conquistas, três (2011, 2014 e 2015) foram em cima do Grêmio, duas (2008 e 2013) em cima do Juventude, rival da final de 2016 e duas (2009 e 2012) em cima do Caxias.

Publicidade

O Grêmio, por sua vez, fica de fora da decisão de 2016 e perde a chance de quebrar a sequência colorada. Nos últimos 10 anos, o tricolor esteve por seis ocasiões na grande final, tendo sido o campeão em três delas: 2006, 2007 e 2010. O Inter foi o rival nas conquistas de 2006 e 2010, enquanto o Juventude foi o desafiante em 2007. As outras três vezes em que o Grêmio esteve na final nesse período e acabou derrotado pelo Inter foram nos anos de 2011, 2014 e 2015. #Futebol #Sport Club Internacional