Luan, o menino maluquinho do Atlético-MG, jogador querido pela torcida atleticana, passou por uma cirurgia na quinta-feira (21), uma artroscopia em seu joelho direito. Ele precisou sofrer essa intervenção, pois teve lesões graves na cartilagem do joelho e menisco.

O doutor Rodrigo Lasmar, médico do GALO e da Seleção Brasileira de Futebol, explicou os procedimentos a serem adotados no jogador, meio atacante do Atlético. Ele disse que o tratamento a ser utilizado em Luan será "moderno e inovador" e utilizará a colocação de "células-tronco, plasma e plaquetas", pois ajudará na cicatrização da parte afetada. Lasmar falou que esse método é novo e está em fase de experimentação.

Publicidade
Publicidade

Segundo notificações do médico do Atlético, eles estavam nos EUA e retornaram na quarta-feira (20) e visitaram outros dois locais de tratamento, um na cidade de Chicago e outro em Nova York. De acordo com o médico, as clínicas são as mais renomadas em ortopedia do planeta.

A ida ao exterior, conforme informação de Lasmar, foi para avaliar de perto o caso de Luan e buscar outros procedimentos, para o tratamento do joelho do jogador e mais eficazes.

De acordo com o especialista do Atlético, serão utilizados métodos de apoio para a melhora de Luan, como o reforço muscular, células-tronco em seu joelho. Para o médico, esses procedimentos não indicam que o jogador não precisará utilizar outros tipos de tratamento, mas, no momento, é o que se pode fazer por ele.

A repercussão nas redes sociais

Ocorreram muitos comentários e indagações sobre a recuperação do meia-atacante e sobre sua cirurgia, durante a semana.

Publicidade

Nas redes sociais e na mídia houve muita especulação sobre os métodos a serem adotados no tratamento do jogador e postagens maldosas de que ele não voltaria mais a jogar.

Os médicos do Galo não gostaram das suposições a respeito de Luan e encarregaram o doutor Rodrigo Lasmar de  dar as devidas explicações sobre o caso do jogador.

O que Lasmar informou

De acordo com o especialista do Atlético, após ter sido revelado na semana anterior sobre a lesão de Luan, uma avalanche de comentários sem nexo invadiu as redes sociais e demais veículos de informação. Para Lasmar é preciso ter calma para poder realizar o procedimento correto e tratamentos específicos, pois é a saúde do jogador que está em jogo.

O doutor Rodrigo disse que foram analisados outros métodos de tratamento como o "enxerto de cartilagem de cadáver", mas segundo o médico, esse método no país não é muito utilizado, pois envolve procedimentos da lei e gastos. No exterior (EUA), segundo o médico, esse tratamento é normal, mas não daria a Luan o retorno aos gramados e poderia ser a última opção.

Publicidade

O médico do Atlético falou que poderá realizar em Luan, um procedimento para endireitar as suas pernas, pois o jogador atleticano possui o joelho em "valgo”, que é voltado para dentro e ocasiona no atleta uma pressão para fora do seu joelho. É um caso a ser resolvido no futuro, informou Lasmar.

De acordo com Rodrigo Lasmar, não haverá um prognóstico para o retorno de Luan aos gramados, mas os tratamentos serão para que o jogador volte a ter o mesmo desempenho de antes, como jogava em seus tempos áureos.

Todos os cuidados estão sendo tomados para a recuperação do jogador e os torcedores do Atlético-MG torcem pela sua melhora e volta ao campo.

#Entretenimento #Atlético Mineiro #Copa Libertadores 2016