Ao que parece, Ronaldinho ainda não quer pendurar as chuteiras. O atleta, ex-Fluminense e Atlético-MG, foi oferecido ao #Corinthians há cerca de dois meses, mas seu nome não foi bem visto por Tite e dirigentes corintianos.

A negociação ocorreu há cerca de dois meses, segundo informações do blog do jornalista Vitor Birner. Inicialmente os representantes do atleta fizeram contato com o presidente alvinegro, Roberto Andrade, que decidiu ouvir a proposta.

O salário do atleta giraria em torno de R$300 mil mensais - algo longe de valores pedidos em outros tempos - além de iniciativas de marketing com o clube do Parque São Jorge. 

O presidente, embora não animado com a situação, decidiu conversar com outros dirigentes do clube.

Publicidade
Publicidade

Nenhum quis. Decidiram, entretanto, conversar com o responsável por armar a equipe, cientes que talvez Tite poderia dar algum rumo para Ronaldinho dentro de campo.

A reposta do treinador, porém, foi a que eles imaginavam: o comandante não gostou da ideia e não fez questão de ter o camisa 10 junto com seu elenco. Tite entende que a força do Corinthians, nos últimos anos, com o seu comando é feito muito mais pela força coletiva do que qualquer outra coisa. Ele ainda lembrou a situação de Alexandre Pato, contratado como estrela, mas que não conseguiu render o esperado e está emprestado ao futebol inglês.

Sendo assim, Ronaldinho segue sem clube para atuar. Seu último time foi o Fluminense, mas a passagem não teve muito sucesso. O jogador chegou com o mesmo status de estrela, mas pouco conseguiu render dentro das quatro linhas - longe de ser aquele atleta que encantou o Brasil e o Mundo em outras oportunidades.

Publicidade

Recentemente, ele teve propostas do Newcastle, do futebol inglês, mas a pedida salarial foi muito alta: algo em torno de R$ 34,3 milhões, valor que teria emperrado o negócio, já que o veterano já tem 36 anos e, dificilmente, conseguirá um contrato com esses valores sendo um jogador mais velho. O Leicester, também do futebol inglês, buscou contato com o jogador há algum tempo, mas foi recusado pelo atleta. #Atlético Mineiro #Copa Libertadores 2016