O #Palmeiras goleou o Rio Claro por 3 a 0 pelo Campeonato Paulista e espantou a má fase. Já eram quatro jogos sem vitória e uma dificuldade tremenda de apresentar um bom #Futebol. Nesta quinta-feira, longe de ter um toque de bola vistoso, o Verdão soube cadenciar a partida, marcar os gols e segurar o resultado. 

Após o jogo, o clima era de alívio nos vestiários. Os jogadores conversavam mais e o 'brilho nos olhos' parece ter voltado. Na diretoria não foi diferente. Alexandre Mattos, executivo de futebol, fez questão de falar com os jornalistas, assim como o técnico Cuca.

Na conversa, ambos falaram que o Palmeiras não procura mais reforços.

Publicidade
Publicidade

Cuca disse que ainda tem que testar mais atletas do elenco para formar um time ideal. Mattos seguiu o que disse o treinador e confirmou que o clube está no mercado, mas não pretende contratar.

A informação que passa dentro do clube é outra. Leandro Donizetti, do Atlético-MG, foi sondado pela diretoria palmeirense. Não teve proposta oficial, mas ocorreu uma pesquisa de informação sobre o estado físico do jogador. Gum, do Fluminense, não foi procurado, segundo Mattos. Mas o clube está atrás de um zagueiro para competir com Roger Carvalho, Edu Dracena e Vitor Hugo. 

Classificação na Libertadores é meta do ano

Depois de dois resultados ruins diante do Nacional-URU, a situação do Verdão na competição ficou bastante delicada. Na próxima quarta-feira, o time viaja para a Argentina e enfrenta o Rosário Central.

Publicidade

Se vencer, volta a brigar pela vaga. Um empate ainda alimenta chance, mas torna as coisas mais complicadas e deixa o time na dependência de outros resultados. 

Dentro do Palmeiras o assunto é tratado como prioridade. Se domingo não fosse clássico, o técnico Cuca iria poupar alguns jogadores para o duelo decisivo da #Libertadores. Se confirmar a vaga para a próxima fase, o time pode fazer alguns investimentos pontuais em atletas, principalmente jogadores que atuam nas laterais. Além disso, a premiação é bastante interessante e encheria ainda mais os cofres palmeirenses.