Buscando reforços para a Série A do Campeonato Brasileiro, o Botafogo não encerrou suas buscas e contratações. O nome da vez (ou mais uma vez) é o do Alex, meia do Internacional. Essa será a segunda vez em pouco mais de um mês que o clube Alvinegro tentará negociar com o atleta. Da primeira vez, o jogador usou problemas familiares como ferramenta de recusa para a oferta. Sem falar o alto salário pedido. Essa também foi uma das razões de a negociação não ter seguido.

Porém, um mês depois, a situação é outra, tudo agora é diferente. O fato do atleta estar sendo pouco aproveitado no Internacional, tem feito com que a relação de Alex e Argel Fucks, comandante da equipe gaúcha, se conturbe.

Publicidade
Publicidade

No último domingo após a expulsão, jogando contra o São Paulo, a relação que não vem em um mar de rosas, ficou ainda mais balançada, pois o meio campista foi duramente criticado pelo técnico.

Alex também reagiu ao puxão de orelha, e, em uma rede social, escreveu que elogios devem ser feitos em público e que a correção deve ser feita em particular. Na postagem, do atleta ainda dizia que "aquele que é sábio sabe orientar sem ofender e ensinar sem humilhar". A mensagem do jogador terminava dizendo que "para bom entendedor poucas palavras bastariam".

O clube Alvinegro, assim como todo aquele que é bom entendedor, compreendeu que o clima entre Alex e o Internacional não está bacana, por isso, foi pra cima do atleta de 34 anos. Ao longo da semana, o Botafogo intensificou a conversa e aguarda confiante pela resposta.

Publicidade

A proposta feita pelo clube carioca é a mesma da primeira que fora feita no mês passado, ainda que o Botafogo não consiga cobrir o salário pago pelo clube gaúcho, vê ao seu favor o fato de que em General Severiano o atleta teria muito mais oportunidades de jogo. O que surge como um outro obstaculo é o Atlético-MG, que também parece estar fazendo sondagens em relação ao jogador.  

Se Alex mudará para o Rio de Janeiro ainda não se sabe. O que se sabe é que o Botafogo já tem o martelo batido com oito atletas que chegam para reforçar a equipe para a Série A do Brasileirão, são eles: Gustavo Canales (ex-Universidad de Chile), Rodrigo Pimpão (ex-Emirates Club), Anderson Aquino (ex-Linense) e Geovane Maranhão (ex-Madureira); os meia Marquinho (ex-Macaé) e Camilo (ex-Al Shabab), o lateral-esquerdo Victor Luis (ex-Palmeiras) e o goleiro Sidão (ex-Audax).

Lembrando que Camilo, Pimpão e Canales só poderão jogar depois de 20 de junho, pois estes se tratam de negociações internacionais. #Futebol