Uma das principais estrelas, senão a principal, do UFC 198 Werdum x Miocic, Anderson “The Spider” Silva, se lesionou e foi cortado do evento de lutas marciais mistas que será realizado na Arena da Baixada em Curitiba neste sábado (14).

O lutador, que é o maior recordista de defesas de cinturão da história do #UFC e considerado o melhor lutador da história do UFC, sentiu um forte desconforto abdominal nessa segunda-feira, de acordo com informação de Jeff Davidson médico do UFC.

“Anderson sentiu desconforto abdominal e foi constatado que ele está com colecistite” afirmou o médico.

Anderson Silva terá que passar por uma cirurgia e está internado

O médico do UFC não quis afirmar, mas disse que provavelmente Anderson Silva terá que passar por uma intervenção cirúrgica na vesícula para corrigir o desconforto abdominal.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o site do canal Combate, Anderson Silva já está internado num hospital do Rio de Janeiro e passará por cirurgia na manhã dessa quarta-feira.

Acredita-se que o desconforto também tenha sido causado por uma inflamação da vesícula biliar causada por litíase ou devido a uma infecção bacteriana.

Em caso de cirurgia, a expectativa é que o lutador fique por quatro semanas em recuperação para poder voltar sua rotina de treinos.

Anderson Silva enfrentaria o promissor lutador Uriah Hall

O brasileiro enfrentaria um lutador considerado como promessa do UFC e que foi vice-campeão do “reality show” Ultimate Fighter que foi realizado nos Estados Unidos em 2013.

A situação de Hall agora está indefinida, de acordo com entrevista ao site “Yahoo” dos Estados Unidos, o presidente do UFC, Dana White declarou que Hall ainda não está fora do card e já está em busca de um novo adversário para enfrentar o lutador nesse sábado.

Publicidade

Além da disputa de cinturão peso pesado, lutadores como: Vitor Belfort, Ronaldo Jacaré, Cris Cyborg, Maurício Shogun, Demian Maia e Rogerio Minotouro se apresentarão na Arena.

O UFC 198 começará a ser transmitido nesse sábado as 19h15m e terá transmissão do Canal Combate, a rede Globo de televisão transmitirá apenas o card principal.

  #Violência #Doença