A bruxa está solta no #Palmeiras. Após ver o volante Gabriel se machucar novamente, hoje foi a vez do paraguaio Lucas Barrios. 

A quinta-feira iniciou-se com bastante frio na capital de São Paulo. O Palmeiras treinou pela manhã e teve uma boa notícia. Fernando Prass, que tinha sentido problema muscular nas costas, estava plenamente recuperado e treinou normalmente. O goleiro não deve ter problemas para o duelo contra a Ponte Preta, neste sábado, em Campinas. 

O treino estava em seu momento mais leve quando Barrios deixou o campo. Com a chuteira desamarrada, o atacante foi para o Departamento Médico acompanhado de dois profissionais do clube.

Publicidade
Publicidade

O Alviverde ainda não confirmou, mas uma avaliação deve acontecer nesta sexta-feira para entender a gravidade da lesão. 

Preferiu o Palmeiras

Após ser convocado pelo técnico Ramón Díaz para defender a seleção do Paraguai, Barrios conversou com o treinador e pediu dispensa. Segundo o paraguaio, o teor da conversa foi fundamentado que o jogador quer manter uma certa regularidade no Palmeiras. Desde que foi contratado, Barrios não chamou tanto a atenção e não teve números expressivos. A Crefisa, patrocinadora do Palmeiras, banca seus salários integralmente. 

"Me olha", pô!

Na movimentação de hoje, o auxiliar Alberto Valentim gerenciou as descidas e cruzamentos na área. João Pedro, lateral reserva, não errou nenhum lance. Depois de uma certa quantidade de acertos, o palmeirense olhou para Valentim e disse: "Me olha".

Publicidade

Jean anda improvisado na lateral-direira.

Róger Guedes, Cleiton Xavier e Tchê Tchê foram os destaques do treino. Nesta sexta-feira, o Alviverde se reapresenta e já viaja para Campinas. No sábado, às 16h, terá confronto contra a Ponte Preta. A vitória é primordial para seguir na liderança do Campeonato Brasileiro

Rithely de volta à pauta

O Diário Lance! divulgou uma nota, nesta quinta-feira, afirmando que o Palmeiras retomou as buscas pelo volante Rithely, do Sport. A informação coincide com a lesão de Gabriel, que deverá cinco meses ausente. 

O time pernambucano, por sua vez, negou. E ainda disse que para tirar o atleta do Leão será preciso colocar a mão no bolso. Com contrato reformado, a multa é de R$ 40 milhões. #Futebol #Campeonato Brasileiro