O atacante Lucas Paixão, paulista radicado em Floripa, atleta do Florianópolis Hóquei Clube e da seleção brasileira, passou por cirurgia na mão, fraturada durante um treino em Buenos Aires, onde o Brasil se prepara para a disputa da Olimpíada do Rio de Janeiro. De acordo com a família do atleta, a operação aconteceu sem problemas, mas ainda não há previsão sobre seu retorno aos treinos.

 O jogador está otimista e diz ter certeza de que vai se recuperar a tempo dos #Jogos Olímpicos. O Brasil estreia nas Olimpíadas no dia 6 de agosto, às 19h30, contra a Espanha.

 Após a cirurgia, Lucas voltou para Florianópolis, onde se recupera.

Publicidade
Publicidade

Na Argentina, Lucas estava atuando pelo Quilmes High School no Campeonato Metropolitano de Buenos Aires, mas ainda mantém vínculo com o Florianópolis, onde conquistou diversos títulos nacionais nos últimos anos. A lista com a convocação final dos atletas que vão à olimpíada será divulgada no dia 31 desse mês.

 Além de Lucas Paixão, outros quatro catarinenses ou atletas radicados em Florianópolis fazem parte da seleção brasileira, entre eles o goleiro Rodrigo Faustino, que após os Jogos Olímpicos deve trocar o Florianópolis Hóquei Clube pelo Rio Hóquei, trocando também Floripa pelo Rio de Janeiro. Rodrigo se notabilizou após defender os shootouts (pênaltis) contra os Estados Unidos, na vitória que colocou a seleção brasileira nas Olimpíadas, ainda durante os Jogos Pan Americanos de Toronto, no ano passado.

Publicidade

Os outros catarinenses da seleção são Bruno Paes, e Luis Felipe Réus (Lua), ambos do Florianópolis, e um do Desterro, Paulo Junior. A seleção feminina, que também tem oito atletas de Florianópolis, não irá participar das Olimpíadas. São elas as atletas irmãs Eloisa e Jacqueline Peyloubet, a goleira Beatriz Veras, todas do Florianópolis, além de Thalita, Alexia Sant’Anna, Marina Boos, Mayara Fedrizzi e Carolina Magro, do Desterro, e de Tatiana Noronha, catarinense que mora no Rio de Janeiro e defende o clube carioca, atual campeão brasileiro da modalidade.

No último fim de semana, Florianópolis também sediou os estaduais de categoria de base. #Rio2016 #Hockey