O goleiro de handebol sueco Daniel Svensson anunciou nesta quarta-feira que está de saída do Sporting. Chega ao final a passagem do jogador por Portugal, após apenas meia temporada. Mas sua passagem não foi muito pacífica e o goleiro pode servir de exemplo para o debate sobre a preferência por jogadores estrangeiros. No Facebook, alguns torcedores culpam o treinador pela má época do Sporting e até um ex-goleiro o acusou de dar preferência para os estrangeiros. 

A equipe dos leões seria tal como o FC Porto a principal favorita a sair vencedora nessa temporada. Mas, tal como os dragões, acabaram desiludindo. Nos últimos anos, o Sporting estava sendo uma das melhores equipes e parecia mesmo o maior rival do Porto, que dominou o campeonato de handebol pelos últimos anos.

Publicidade
Publicidade

No entanto e apesar de uma aposta em um treinador bem credenciado, a equipe rendeu menos ainda. 

Se na temporada passada, a equipe lutou até o último jogo da temporada pelo campeonato, esse ano terminou em quarto lugar e perdeu a final da Taça de Portugal para o Benfica. Os torcedores estão desiludidos e o treinador espanhol que já foi campeão da #Europa, Javier Equisoain, é apontado como um dos grandes culpados. Até porque o treinador espanhol tem fama de preferir os jogadores estrangeiros. 

A acusação chegou primeiramente por Ricardo Correia, um goleiro português do Sporting, e muito acarinhado pelos torcedores. No meio da época, entrou Daniel Svensson e saiu Ricardo Correia, dispensado para o Passos Manuel. No time, ficaram três goleiros: o português Luis Oliveira e dois estrangeiros, o Aljosa Cudic e Daniel Svensson.

Publicidade

E chegaram as críticas de Ricardo Correia, que acusou o treinador de preferir os estrangeiros. "O novo treinador do Sporting trata o jogador português como fraco e ignorante", disse o goleiro, em um compartilhamento no Facebook logo após o Sporting cair nas meias-finais do campeonato. 

Jogadores estrangeiros no handebol português

Mas, façamos as contas. Em Portugal, das quatro equipes que terminaram melhor classificadas, o Sporting tem apenas quatro jogadores estrangeiros. Além desses dois goleiros, tem ainda Frankis Marzo e Samvel Aslanian. O FC Porto que terminou na terceira posição, alinhou com seis estrangeiros (Salina, Gustavo Rodrigues, Yoel Morales, Alexis Borges, Jordan Pitre e ainda Mikal Kasal, que saiu no meio da época). Nas equipes que ainda estão jogando o campeonato, o Benfica tem cinco estrangeiros (Nikola Mitrevski, Javier Fernandez, Uelington Ferreira, Ales Silva e Dragan Vrgoc), enquanto o ABC de Braga não conta com nenhum jogador estrangeiro e tem apenas jogadores portugueses em seu plantel.  #Resenha Esportiva