Vamos lá: Airton, Diogo, Carli, Jefferson, Fernandes, Luis Ricardo, Emerson, Neilton e Octavio, são esses os atletas afastados por algum tipo de lesão. Para o médico do clube, isso é preocupante, mas é possível ver o mesmo acontecendo com outros clubes.

O último a integrar essa lista foi o goleiro Jefferson, ídolo do time. Nesta ultima segunda-feira foi informado que o goleiro deverá passar por um procedimento cirúrgico hoje, dia 17, no período da noite, e deverá ficar afastado por três meses para se recuperar. Com ele, o clube alvinegro chegou a nove jogadores afastados por lesões em apenas cinco meses de temporada, contabilizando uma média de dois atletas a cada trinta dias.

Publicidade
Publicidade

Além dos nove já citados aqui, houve também casos de dores musculares, que também afastaram alguns atletas durante algumas partidas, como Lucas Zen, Renan Fonseca e Gegê.

Ao que consta, já na pré-temporada os problemas tiveram seu início. Enquanto o time se preparava, em Domingos Martins houve a primeira queixa: Neilton foi o primeiro a sofrer uma lesão, sentindo dores na coxa esquerda, sendo constatado um desequilíbrio muscular nas pernas, o que gerou preocupação, já que poderia acarretar em uma nova lesão. No Campeonato Carioca, a partir da segunda temporada do estadual, as contusões tornaram-se costumeiras. No mês de março, foi a coxa direita de Luis Ricardo, num jogo contra o Madureira. Depois Emerson, também na coxa direita, mas no jogo contra o rival Vasco.

Logo no mês seguinte teve Airton sentindo dores na coxa esquerda, num jogo contra o Flamengo, e Fernandes, que contundiu a coxa direita no jogo contra o Bangu.

Publicidade

Após o departamento médico ter dado uma boa notícia no dia 19, notícia essa que informava que todos os atletas estavam liberados para os treinos, fazendo com que a ala médica estivesse vazia, no jogo seguinte isso mudou. Na semifinal do campeonato estadual, Emerson voltou a sentir dores na coxa direita, após cobrança de falta, o jogo em questão foi contra o Fluminense. Após este jogo, o Botafogo viu Diogo Barbosa contundir a coxa esquerda diante do segundo confronto da decisão contra o Vasco.

Já perto do Campeonato Brasileiro, outras baixas aconteceram, antigas e novas. Airton, que já estava recuperado e treinava com a equipe, voltou a sentir dores na coxa esquerda, que já havia sido lesionada, tendo que vir a passar por uma cirurgia no último domingo. O atleta terá que ficar afastado por mais um mês. E agora o goleiro Jefferson, que após jogar pela Copa do Brasil contra o Juazeirense, sentiu fortes dores e na noite desta terça-feira passará por uma cirurgia e ficará afastado por três meses.

Em entrevista, Luiz Fernando Medeiros, médico do clube, falou que tudo isso é preocupante, mas que tal quadro não é exclusivo do #Botafogo, o mesmo pode se ver em outras equipes. E apontou, que se tratando de início de temporada, a falta de ritmo dos jogadores é também fator preponderante. #Futebol