O anuncio chegou como um pedido de socorro atendido. O atacante chega ao clube para fortalecer o setor ofensivo do time, visto que este tem sido o calcanhar de Aquiles neste inicio de temporada.

Nesta quarta-feira (19), o Leão pernambucano anunciou com muita expectativa o nome do atacante veterano Edmilson. O atleta de 33 anos tem experiência na bagagem e chega como promessa de auxilio ao setor mais limitado da equipe rubro-negra. Nas redes sociais, a torcida foi implacável e criticou muito a contratação do atacante, fazendo com que o técnico saísse em defesa do jogador.

O comandante Oswaldo de Oliveira disse saber que já estava havendo uma campanha contra o atacante, por essa razão, pediu que haja paciência por parte desses torcedores, e que eles possam dar uma credibilidade para o jogador.

Publicidade
Publicidade

Oswaldo de Oliveira disse que a confiança tem que ser para com o jogador e para com o clube, falou que a torcida precisa entender que o clube tem feito o melhor que pode. Em tom de desabafo, falou também que julgamentos que chegam precocemente não dão bom resultado.

E o comandante não parou por aí, Oswaldo de Oliveira lembrou e citou o ocorrido com Rafael Marques. O técnico revelou que quando Rafael Marques foi trazido do Japão para o Botafogo, o atleta sofreu durante um ano todo até que conseguisse jogar e se firmar no time, vindo depois ser aclamado pela torcida. Confessou que tentou trazer Rafael para o Sport, mas o salario do jogador estava muito acima do que o clube poderia assumir.

Retornando a Edmilson, o técnico o enalteceu e elogiou dando até mesmo garantias de que conhece o atleta suficientemente para lhe dar total credibilidade.

Publicidade

Oswaldo de Oliveira falou que o atacante é um excelente atleta, revelou que o conheceu mais de perto no Japão quando jogou num time relativamente bom chamado Albirex Niigata. O técnico relatou que, por ter sido o artilheiro do time, ficou muito conhecido no Japão, o que lhe deu oportunidade de ser transferido para um time com maior visibilidade e de mais recursos. Foi para o Catar, jogou no Vasco da Gama e nos últimos dois anos tem jogado pelo Red Bull. O técnico afirmou que o atleta é tático, rapido e inteligente. Por isso acredita que Edmilson poderá contribuir muito com o time.

O atacante tem em seu histórico passagens por muitos times, tanto brasileiro quanto estrangeiros. No Brasil, já vestiu o verde do Palmeiras, jogou pelo Chapecoense, Vasco da Gama em 2014, e neste foi artilheiro do estadual, e estava agora jogando pelo Red Bull no Campeonato Paulista. Fora do Brasil esteve no Japão jogando pelo FC Tokio, também defendeu o Cerezo Osaka, Urawa Reds e Albirex Niigata, mas o atleta não limitou-se a jogar na terra do sol nascente.

Publicidade

Emilson também jogou no Al-Gharafa, no Catar.

O técnico, já no final da entrevista, disse que conhece muito bem o atleta. Tanto dentro quanto fora das quatro linhas, e diz que as qualidades do jogador são requeridas na equipe. Falou que ele, Oswaldo de Oliveira, precisa de um atleta que seja comprometido com o restante da equipe, e que foque nos objetivos do time. O técnico falou que no Japão, enquanto o longo tempo que lá esteve, pode conhecer mais afundo o jogador, mesmo sendo de times adversários, por isso encerrou afirmando que o Sport está trazendo um atleta de primeira categoria, homem sério, comprometido e trabalhador. Disse que além do talento, Edmislon tem capacidade e experiência que lhe de facilidade para se entrosar com o restante da equipe.

O próximo jogo do Sport será contra o Botafogo, o jogo ocorrerá no domingo às 18h30 e será na Ilha do Retiro. #Futebol