O #Corinthians fez uma campanha fantástica no #Campeonato Brasileiro em 2015, com 24 vitórias, 9 empates e apenas 5 derrotas, marcando um total de 81 pontos conquistados, sendo um novo recorde da competição na era dos pontos corridos. Após levantar a taça, a diretoria e a torcida alvinegra sofreram bastante com a perda de jogadores importantes, nem mesmo a classificação para a Libertadores evitou a saída dos atletas, pois os clubes do exterior chegaram com propostas salariais muito alta e pagando a taxa da rescisão de contrato. Neste 'arrastão' o Timão perdeu 6 jogadores titulares, Renato Augusto, Gil, Malcom, Ralf, Vágner Love e Jadson.

O assédio continua e a bola da vez é o zagueiro Felipe, assim como o volante Elias.

Publicidade
Publicidade

Por sua vez, o zagueiro deve ser negociado para o Porto, segundo informações o atleta deve deixar o Corinthians e assinar o contrato com o clube português assim que a janela de transferências abrir. O Timão já havia recebido uma proposta do Mônaco, no início do ano, mas os comandantes corintianos acharam melhor continuar com o beque, já que a proposta teria um baixo valor.

O clube alvinegro era dono de 50% dos direitos federativos do atleta, e devido ao bom futebol, Felipe conseguiu chamar atenção de mais clubes europeus, por sua vez, o Corinthians não perdeu tempo e resolveu comprar mais 50% dos seus valores, totalizando assim 100%.

Nem tudo é notícia ruim, pois com a saída dos principais jogadores daquele time quase imbatível de 2015, o Timão conseguiu aumentar sua receita, já que os salários dos atletas eram altos.

Publicidade

Agora com a possível saída de Felipe e também a saída de Elias, o Corinthians deve faturar mais de R$ 100 milhões em vendas de jogadores. O valor poderia ser muito mais elevado se o clube de Parque São Jorge tivesse 100% dos direitos de todos os atletas negociados, caso muito difícil de acontecer no futebol brasileiro.

Se caso a venda de Felipe seja concretizada, o Timão vai faturar todo o dinheiro da transação, pois, como dito no parágrafo acima, o clube paulista é detentor de 100% do beque. A cúpula alvinegra avalia que o Porto deve enviar uma proposta de 8 milhões em euros, o que equivale no momento a R$ 32 milhões.

Até agora, foi o zagueiro Gil que rendeu muito aos cofres alvinegro, já que sua transferência custou cerca de R$ 39 milhões. #PaixãoPorFutebol