Nos últimos dias o ex-jogador da Seleção Brasileira de futebol, Rivaldo, ganhou destaque nas manchetes dos principais jornais do país ao polemizar contra os Jogos Olímpicos Rio 2016. De acordo com o jogador, a violência no Brasil "está cada vez mais feia", o que o levou a desaconselhar os turistas a prestigiarem os jogos que serão realizados em agosto no país.

Alguns jornais estrangeiros já noticiaram com veemência a constante insegurança que a população vive nas ruas. Os altos índices de criminalidade no Rio de Janeiro chegaram a ser expostos para demonstrar como é a situação na cidade. Após a morte da estudante Ana Beatriz Frade, morte com um tiro em um arrastão próximo à Linha Amarela, no Rio, o ex-jogador, que chegou a ser campeão do mundo em 2002 com a seleção, foi às redes sociais disparar contra os Jogos Olímpicos.

Publicidade
Publicidade

Em sua conta do Instagram ele contou o caso da estudante de 17 anos e complementou: " aconselho a todos que tem intenção de visitar o Brasil ou vir para as Olimpíadas no Rio, é para que fiquem no seu país de origem".

Ainda segundo Rivaldo, visitar o Brasil significa um "correr risco de vida". Ele citou ainda as más condições nos hospitais públicos e a instabilidade na política brasileira como outros motivos para que os estrangeiros evitem o país. Para ele, "só Deus para mudar a situação do nosso Brasil". Atualmente, Rivaldo reside nos Estados Unidos com a família.

Nas redes sociais alguns internautas chegaram a comentar a polêmica. Uma usuária do Twitter postou: "chegou o Rivaldo com o conselho: não venham para o Brasil nas Olimpíadas, porque chegou pra elite o problema dos pobres somente esse ano".

Publicidade

Outro usuário parabenizou o ex-craque: "Cadê o prêmio de melhor conselho já dado?". Dividindo-se entre contra ou favoráveis, alguns usuários seguiram dando apoio a Rivaldo, enquanto outros continuavam o acusando de "elite", principalmente pelo fato de residir nos Estados Unidos. Portais de notícias da Venezuela, Espanha e México chegaram a dar grande destaque às afirmações de Rivaldo. #Rio2016