Ao que tudo indica, a Seleção Americana de #Basquete Masculino virá sem um de seus astros para a disputa dos Jogos Olímpicos Rio-2016. O jogador Blake Griffin ficará de fora de treinamentos e amistosos que visam a preparação da Seleção Americana para os Jogos que serão realizados no Brasil. Segundo a assessoria oficial dos Los Angeles Clippers (equipe onde Griffin joga), o jogador passou por uma cirurgia no quadril, e corre sérios riscos de desfalcar a Seleção Americana Masculina Olímpica de Basquete, e pode ser um astro a menos na competição.

Fora dos amistosos e treinamentos, o jogador dificilmente irá compor a delegação que virá ao Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

A cirurgia, realizada no dia 27 de abril, teve completo sucesso no reparo dos problemas do quadril de Griffin, entretanto o jogador iniciou sua reabilitação para voltar às quadras apenas no início desta semana, com sessões de fisioterapia e treinos físicos leve, além de evitar treinos com bola que exigissem a força do quadril. O jogador foi desfalque precioso do Los Angeles Clippers nos playoffs da Conferência Oeste, custando a eliminação da equipe de Los Angeles da competição.

O comunicado oficial lançado pela assessoria do Los Angeles Clippers apresenta grande expectativa para recuperação completa de Griffin para o início da próxima temporada, porém praticamente confirma a ausência do ala nos Jogos Olímpicos Rio-2016. Mesmo que não haja informação vinda da diretoria ou qualquer indício que sustente o fato, médicos e históricos de cirurgias no quadril, atestam de que jogadores não são liberados para jogos antes de um período 60 dias.

Publicidade

Os ventos não andam bons para os lados de Los Angeles, já que o também jogador do Clippers, Chris Paul, ficará de fora dos jogos devido a uma lesão na mão que ocorreu no mesmo jogo em que Griffin saiu machucado. Contudo, a Seleção Americana Masculina de Basquete, apesar dos desfalques, segue a favorita à medalha de ouro, lideradas pelo fenômeno Lebron James, e composta por Stephen Curry, Westbroock e outras estrelas da #NBA. A Seleção fará testes no mês de julho, quando enfrentará a Argentina, a China (duas vezes), a Venezuela e, por fim, a Nigéria (esta no primeiro dia de agosto).   #Rio2016