O técnico da Seleção Brasileira de futebol, Dunga, anunciará, em breve, a convocação do time para as Olimpíadas 2016. O time que conta com o principal nome do futebol do Brasil, o jogador Neymar, será anunciado no dia 29 de junho.

É sabido que o futebol é um esporte que delimita a idade dos atletas, sendo a única modalidade com essa exigência. A Federação Internacional de Futebol - FIFA - determina que os jogadores devem ter idade máxima de 23 anos, permitindo que cada delegação possa ter no seu elenco apenas três atletas com idade superior à determinada. O Comitê Olímpico Internacional  vem pressionando para que essa norma seja extinta, mas a Fifa não admite essa possibilidade.

Publicidade
Publicidade

Esse formato da regra de futebol justifica o fraco desempenho que alguns países, que são normalmente potências no futebol, têm. As campanhas do futebol nos Jogos Olímpicos são sempre surpreendentes.

Com relação à seleção canarinha, a maior expectativa no que se refere à convocação é certa. A única certeza é a convocação de Neymar, de 24 anos, entre os escolhidos por Dunga. A escalação será composta por 18 atletas. Os mais cotados para compor o trio mais experiente são o meia Willian, de 27 anos e o zagueiro Miranda, com 31 anos, embora se saiba que, em se tratando de futebol, o treinador tem uma safra de atletas excelentes à disposição.

O Brasil nunca teve a medalha de ouro entre suas conquistas olímpicas. Nos Jogos Rio 2016, quer mudar esse cenário. Em 1984, a seleção conquistou a prata, em Los Angeles, repetindo o feito em Seul, em 1988, e  em Londres, no ano de 2012.

Publicidade

O bronze foi conquistado em Atlanta, em 1996, e em Pequim, em 2008. 

É certo que o técnico terá jogadores não entrosados, tendo pouco tempo para treinar e conhecer o potencial do time que convocou em junho. Deveria-se ter uma atenção especial com o time olímpico, com mais tempo e dedicação ao elenco. Em agosto, os jovens da seleção brasileira tentarão superar as tentativas frustradas, por jogarem em casa e com a torcida (sempre presente), jogando junto com sua emoção e força para favorecer o clima dourado. #Rio2016 #Ser Educacional