A atleta Fabiana Murer tem participação confirmada no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, evento-teste para os #Jogos Olímpicos a ser realizado no Engenhão entre os dias 14 e 16 de maio. A atleta é esperança de medalha na modalidade salto com vara.

Aos 35 anos, Fabiana Murer é atualmente vice-campeã mundial e recordista sul-americana. O recorde olímpico na modalidade pertence à atleta russa Yelena Isimbayeba com a marca de 5.05 obtida em 2008. Murer ocupa o primeiro lugar no ranking brasileiro de 2016. ela saltou 4,63 m em fevereiro. Seu recorde pessoal é 4,85 m conquistado em 2010, na Espanha.

Da decepção ao sucesso

Fato marcante na carreira de Fabiana Murer ocorreu nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, quando a sua principal vara e específica para determinado salto acima dos 4,60 m desapareceu.

Publicidade
Publicidade

A atleta, apesar de ter passado para a final da competição, se desconcentrou a ponto de tentar impedir a continuação da prova e se colocar a frente de uma atleta chinesa. Com o desequilíbrio ela ficou apenas em décimo lugar.

O sucesso retornou para Fabiana Murer. Em 2010, tornou-se a primeira brasileira a campeã em pista coberta ao saltar 4,80 m no Campeonato Mundial de Atletismo em Pista Coberta de 2010, em Doha. Uma sequencia de vitórias e medalhas fez de Fabiana Murer uma das principais atletas brasileiras.

Concorrentes de peso

O Campeonato Ibero-Americano de Atletismo terá a participação especial de representantes de 25 países, boa parte deles fora da área de abrangência da competição. A americana Jennifer Suhr poderá estar presente durante o evento. Ela conquistou a medalha de ouro no Mundial Indoor de Portland, EUA, último torneio em que Murer participou, em fevereiro deste ano.

Publicidade

A americana saltou 4,90 m, enquanto a brasileira ficou apenas em sexto lugar, com a marca de 4,71 m.

O resultado não desanima Fabiana Murer. Ela diz que perdeu por detalhes e acredita na recuperação nos próximos eventos, entre eles, o evento-teste do Rio.

O Campeonato Ibero-Americano e Atletismo é destinado a países de fala espanhola e portuguesa, bem como das Américas. Os organizadores decidiram aproveitar o evento como teste das instalações do Engenhão, onde serão realizadas as competições de atletismo nos Jogos olímpicos.

Na ocasião, serão testados os protocolos a serem executados durante o evento olímpico. Os voluntários também participam do teste.

A entrada será gratuita. Os organizadores pedem para que o público vá ao Engenhão de transporte público. O estacionamento do estádio estará fechado durante a competição. #Curiosidades #Rio2016