Foi entregue ao presidente do #Fluminense, clube carioca que tem torcedores nos quatro cantos do Brasil, a quantia de R$ 2.375.310,06 bilhões, da Confederação Brasileira de Clubes, a CBCF. O dinheiro é destinado ao clube para que ele melhore sua estrutura esportiva e forme novos atletas que consigam disputar em bom nível os futuros jogos Olímpicos. Aproveitando momento dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, o evento ganhou pompa e mostrou que o Brasil já pensa nas prováveis medalhas que ganhará no futuro, participando das competições que acontecem a cada quatro anos, a Olimpíada.

A cerimônia de entrega do montante foi feita sexta-feira, (6), nas Laranjeiras.

Publicidade
Publicidade

Tais recursos serão destinados para as áreas de nado sincronizado, natação, pólo aquático, saltos ornamentais, vôlei e basquete olímpico, como também do basquete em cadeira de rodas, que é uma modalidade do esporte paraolímpico. Marcos Vinícios Bittencourt, presidente do conselho deliberativo do Fluminense, Márcio Trindade, vice-presidente de esportes olímpicos e o vice-presidente da CBCf, Paulo Maciel, foram as figuras importantes que fizeram uso da palavra nessa noite de sexta nas Laranjeiras.

“Esse recurso não é para o Cesar CIelo. Ele já é um atleta de alta performance. Nós queremos formar novos Cielos (...)”, conta Jair, que ainda detalhou que esse recurso será utilizado somente para estruturar o clube, objetivando a criação ajuste nos espaços olímpicos do clube e, também, para formar atletas tricolores, que sejam torcedores do Fluminense e vistam a camisa por amor ao clube.

Publicidade

“Esse investimento não será usado para que não tenhamos que gastar dinheiro. Ele servirá para elevar o padrão das nossas estruturas e dos nossos atletas. (...)”, conta o presidente do Fluminense. Ele disse que nesses Jogos Olímpicos do Rio 2016, o Fluminense terá até dez atletas disputando em alto nível e, futuramente, com esse mais novo montante em caixa, a expectativa é que esse número aumente ainda mais. Vale lembrar que o Fluminense é o único clube brasileiro que tem medalha Olímpica. “Eu fico muito feliz quando estou no clube e vejo os jovens competindo, se divertindo e evoluindo.”, afirmou o presidente do Fluminense. #Rio2016