O Fluminense continua adotando medidas para reduzir os prejuízos financeiros da ausência de Maracanã e Engenhão (reservados para o Comitê Olímpico Internacional até outubro). Nesta segunda, surgiu a informação de que o Tricolor das Laranjeiras irá exercer o seu mando diante do Corinthians no próximo dia 16 de junho (quinta), às 20h (de Brasília), válido pela oitava rodada do #Campeonato Brasileiro, no Mané Garrincha.

Os detalhes da negociação permanecem em sigilo, mas, nos bastidores, sabe-se que a equipe das Laranjeiras verá entrar cerca de R$ 1 milhão líquidos em seus cofres.

Esta será a terceira vez da agremiação do Rio de Janeiro no tradicional estádio da capital do país.

Publicidade
Publicidade

Pela primeira fase do Campeonato Carioca, o time, então dirigido por Eduardo Baptista, não teve sorte e acabou vendo o Flamengo vencer por 2 a 1. Já nas semifinais da Primeira Liga, o desfecho foi altamente positivo. Sob o comando de Levir Culpi, o #Fluminense, depois de um empate de 2 a 2 no tempo normal, arrancou para o inédito título da competição ao despachar, nos pênaltis, o Internacional pelo placar de 3 a 2.

Por outras duas ocasiões, ambas pelo Estadual, o Flu usou praças fora do Rio. No Kléber Andrade, em Cariacica, o adversário foi o Botafogo. Já na Arena da Amazônia, em Manaus, o embate se deu contra o Vasco. Em ambas, derrotas de 2 a 0 e 1 a 0, respectivamente.

Poucos torcedores no Raulino de Oliveira

Outra opção bastante utilizada pelo clube nessa temporada é o Raulino de Oliveira, como aconteceu no clássico de domingo, quando acabou com o jejum de vitórias nos clássicos regionais ao fazer 1 a 0 sobre o Botafogo.

Publicidade

No entanto, os jogos em Volta Redonda não vêm agradando, especialmente por conta da baixa presença de torcedores no estádio.

Tentando se precaver de um desgaste, o Fluminense, recentemente, firmou um vínculo de parceria com o América/RJ para utilizar as dependências do Giulite Coutinho, em Édson Passos. No momento, o estádio da Baixada vem passando por reformas e a tendência é que a "nova casa" do Tricolor só esteja à disposição no próximo dia 12, contra o Grêmio. #PaixãoPorFutebol