No final de fevereiro, chegava ao clube pernambucano o atacante que viria para reforçar a equipe para a temporada 2016, do Brasileirão. Passado pouco mais de três meses, o camisa 9 não mostra de forma ampla sua técnica, e nem foi capaz de mostrar um bom #Futebol na Série A. Já são 200 minutos jogados e nenhum chute, nenhuma finalização pode ser vista. Tal fato tem irritado a torcida nos jogos, e fora deles. Nas redes sociais, pode-se notar uma torcida decepcionada. Desde o início do Brasileirão, Vinícius Araújo tem sido escalado para todos os jogos, embora tenha sido substituído nas partidas, o atleta somou 200 minutos em campo. E esse tempo todo não foi suficiente para marcar seu primeiro gol na temporada do campeonato nacional.

Publicidade
Publicidade

O atleta sequer conseguiu um chute. No embate contra o Flamengo, primeiro jogo do Sport no Brasileirão, houve a jogada mais empolgante do atleta. O único chute com finalização, acabou em impedimento. O lance foi após uma jogada entre Diego Souza e Renê. No atual time pernambucano, apenas Magrão, que é goleiro, Durval, que é zagueiro, e o volante Rithely também não conseguiram uma finalização. O atleta que mais tem finalizações somadas a favor do Sport é o meia Diego Souza, com cinco; Na sequência, com três finalizações estão Túlio de Melo e Samuel Xavier. Com duas tentativas de gol estão os gringos Henríquez e Mark González. E com, ao menos um chute, estão Serginho, Renê, Luiz Antônio, Everton Felipe e Gabriel Xavier.

O comandante Oswaldo de Oliveira evita falar sobre esses números.

Publicidade

No comando do time há pouco mais que um mês, o técnico tem demonstrado que sua maior preocupação é sim o setor ofensivo, mas, quando é questionado especificamente sobre o baixo rendimento do atleta Vinícius Araújo, o técnico muda o assunto. Em entrevista, ao ser indagado em relação ao atacante, Oswaldo respondeu que falar individualmente sobre um atleta, depois de uma derrota, é anti-ético. Disse que sua análise não é limitada aos jogos, mas sim é feita diariamente.

O camisa 9, que pertence ao espanhol Valência, foi repassado para ao Sport por meio do Cruzeiro. Seu contrato com o time da Raposa vai até julho e depois disso o atleta será assunto do Sport e do Valencia. Enquanto isso, o que se espera é que o atleta, no mínimo, venha a atuar assim como atuou nos estaduais, onde chegou a marcar três gols em dezoito partidas.