Além de garantir a primeira vitória do #Fluminense em clássicos estaduais na atual temporada, Fred atingiu duas marcas pessoais no 1 a 0 sobre o Botafogo, na tarde de domingo passado, em Volta Redonda, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Há dois jogos que o camisa 9 não balançava as redes. A última havia sido na abertura da Série A, quando, também pelo placar mínimo, o Tricolor, fora de casa, derrotou o América/MG.

A outra foi diretamente relacionada ao adversário do final de semana. Com o tento marcado no início do segundo tempo, ele chegou aos 14 gols e igualou-se a Romário, como o maior algoz do time de General Severiano.

Publicidade
Publicidade

Em depoimento concedido ao site oficial do clube das Laranjeiras nesta segunda, o atacante preferiu dar ênfase para os três pontos alcançados. Segundo ele, era fundamental vencer o Botafogo, especialmente pelo fato de os próximos jogos do Brasileirão acontecerem fora de casa; "Depois deste clássico já sabíamos que os próximos dois jogos serão fora. Por isso, fomos desde o início com muita vontade. Temos de valorizar essa vitória, foi muito especial para nós", disse Fred, que também fez questão de enaltecer o trabalho de Levir Culpi. "Como temos falado internamente, o Levir tem corrigido nossos erros nas vitórias e nas derrotas. Estamos buscando uma evolução para brigar somente lá em cima", encerrou.

Na parte da tarde, na sede de Álvaro Chaves, aconteceu a reapresentação do elenco. Como de praxe, enquanto os titulares ficaram na academia para um trabalho regenerativo, os reservas foram a campo e fizeram uma atividade tática, da qual fez parte o meia-atacante Maranhão, contratado junto à Chapecoense e que só será apresentado juntamente com os outros reforços (lateral-esquerdo Wllliam Matheus e o apoiador Dudu), na próxima terça.

Publicidade

Até o momento, o Fluminense somou sete pontos e ocupa o sétimo lugar na classificação. Seu próximo desafio pelo Brasileirão acontece na quarta, às 21h45 (de Brasília), encarando na Arena Independência, em Belo Horizonte, o Atlético/MG. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol