A segunda rodada do Campeonato Brasileiro teve mais alegria para os torcedores. Nos dez jogos realizados neste final de semana, 31 gols foram marcados pelos jogadores dos 20 participantes do torneio, contrastando com os 14 assinalados na rodada de abertura da principal competição do #Futebol nacional.

As partidas de sábado já deram a mostra do que viria. No Moisés Lucarelli,em Campinas, interior de São Paulo, o Palmeiras, que havia sido um dos destaques da primeira rodada ao golear, em casa, o Atlético/PR por 4 a 0, acabou sendo surpreendido pela Ponte Preta, que, com dois gols de Felipe Azevedo, venceu o confronto por 2 a 1.

Publicidade
Publicidade

Moisés descontou para o Alviverde de Palestra Itália.

Já o Santa Cruz, outro a iniciar o certame com uma vitória contundente, foi ao estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, cidade do Sul do Estado do Rio de Janeiro, para, em jogo de arbitragem bastante contestada, arrancar um empate de 2 a 2 com o Fluminense. Grafite marcou duas vezes,uma de pênalti, para a equipe pernambucana e, no momento,é o artilheiro do torneio (quatro gols). Gustavo Scarpa e Gum balançaram as redes para o Tricolor das Laranjeiras.

O mesmo placar aconteceu no Mineirão. Com Rafael Moura carimbando a meta de Fábio em duas ocasiões, o Figueirense chegou a abrir 2 a 0, mas permitiu que Hélder, driblando todo o sistema defensivo e Diogo Coutinho marcassem para o Cruzeiro, deixando tudo igual no placar.

O bom ritmo começou no domingo.

Publicidade

No clássico dos Atléticos, realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, pela manhã, André Lima colocou o Furacão em vantagem, mas Cazares, de pênalti, garantiu o 1 a 1. Simultaneamente, o Santos fez valer o fato de atuar na Vila Belmiro e, de virada, fez 2 a 1 sobre o Coritiba. Vitor Bolaño e Renato fizeram para o Peixe, enquanto Kléber fez o gol do Coxa.

Os gols continuaram na parte da tarde. Na Arena Condá, a Chapecoense, que jogava em casa, viu Rafael Bastos, de pênati, abrir o marcador para o América/MG,mas, com Bruno Rangel (duas vezes, uma de penalidade máxima) e Silvinho, assegurou os 3 a 1.

Já no Morumbi,o visitante acabou levando a melhor. Eduardo Sasha, com dois gols, fez o Internacional derrotar o São Paulo, que jogava com um time misto, por 2 a 1. Lugano descontou para o Tricolor Paulista.

No Barradão, em Salvador, na partida mais emocionante da rodada, o Vitória chegou a ficar em desvantagem por duas vezes, mas arrancou um importante triunfo de 3 a 2 sobre o Corinthians.

Publicidade

Leandro Bonfim, Marinho e Kieza foram os herois do Rubro-Negro Baiano, enquanto Uendel e Fagner descontaram para o atual campeão brasileiro.

Na Arena do Grêmio, o Flamengo jogou bem, todavia, depois de escanteio cobrado da direita, Fred, de cabeça, deu a vitória de 1 a 0 para o time de Porto Alegre.

Para encerrar, Sport e Botafogo fizeram uma partida bastante animada na Ilha do Retiro, no Recife, com chances surgidas em ambos os lados. No final, com Diego Souza marcando para a agremiação local e Fernandes igualando em favor do Alvinegro de General Severiano, o duelo acabou 1 a 1.

Nas próximas quarta e quinta, o Brasileirão tem mais dez jogos. A expectativa do público é que a inspiração continue alta por parte dos atletas. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol