Se já é difícil uma convocatória para seleção não levantar alguma discórdia, a de handebol de Portugal está mesmo gerando contornos polêmicos. Tudo porque, sem que ninguém estivesse esperando, existe mais um jogador estrangeiro incluído. Depois, alguns nomes que também geram alguma discussão, até porque as duas melhores equipes portuguesas do ano têm uma baixa representação. Nas redes sociais, os torcedores portugueses não tardaram em reclamar, manifestando suas opiniões. 

Portugal não entra em qualquer grande competição desde o Campeonato da #Europa de 2006. Após esse ano, a seleção portuguesa de handebol falhou o apuramento para todas as provas.

Publicidade
Publicidade

Agora, a próxima oportunidade é o Mundial de 2017 e a equipe até conseguiu chegar a um 'play-off' de acesso a prova. A Islândia é o último obstáculo para a equipe voltar aos grandes palcos. O apuramento será jogado em junho, com um jogo na Islândia, dia 12, e em Portugal, no Dragão Caixa, no dia 16. 

Antes da competição oficial, a equipa vai se preparar e vai realizar dois encontros particulares frente ao Qatar, que é vice-campeão do mundo. A federação portuguesa anunciou a convocatória e salta logo uma surpresa. O cubano Daymaro Salina entra pela primeira vez na lista e vai representar Portugal. O defensor do FC Porto se naturalizou português e segue o exemplo do goleiro Alfredo Quintana, os dois luso-cubanos representando Portugal. 

Salina é já o quinto jogador estrangeiro a defender as cores do handebol português, depois de no passado Tchikoulaev, Bolotskih e Sraljic terem representado Portugal, e seguindo o exemplo mais recente de Quintana. 

Para os torcedores, a chamada de Salina não se prende apenas com ele ser estrangeiro, mas sim quem acaba ficando para trás, saltando logo.

Publicidade

De novidades, também o jovem Alexandre Cavalcanti, a merecer, pela primeira vez, a confiança do selecionador Rolando Freitas. O defensor do Benfica, de 19 anos, já é habitual nas equipes mais jovens de Portugal e, nesta época, já foi campeão júnior pelo Benfica, e está jogando também na equipe principal do Benfica, que esteve na final da Taça Challenge e está na final do campeonato. Do Benfica, que também ganhou a Taça de Portugal, apenas dois jogadores convocados. Além de Cavalcanti, entrou o central Tiago Pereira

Também do ABC de Braga, a equipe sensação do campeonato, chegam algumas críticas. Apontada como 'outsider', pelas maiores dificuldades econômicas, a equipe treinada por Carlos Resende venceu a Taça Challenge e está na final do campeonato, com o Benfica. Apesar disso e de ter apenas jogadores portugueses em seu plantel, apenas dois jogadores foram chamados: Fábio Vidrago e Pedro Spínola. 

No facebook, alguns fãs não entendem porque não foram chamados os goleiros Hugo Figueira (Benfica) ou Humberto Gomes (ABC), e ainda do central Pedro Seabra (ABC), jogadores que estão sendo decisivos nas suas equipes e são eles as principais reclamações dos portugueses. 

Do FC Porto, que terminou o campeonato em terceiro, foram chamados cinco atletas (Quintana, Salina, Rui Silva, António Areia e Gilberto Duarte) e do Sporting, que foi quarto, foram chamados quatro atletas (Pedro Solha, Pedro Portela, Bosko Bjelanovic e Fábio Magalhães). 

A restante convocatória fica completa por Cláudio Pedroso, do Madeira SAD, e por jogadores que estão jogando no estrangeiro.

Publicidade

O goleiro Ricardo Candeias, nas segunda divisão francesa, os pivôs José Costa, no campeonato francês, e Tiago Rocha no polaco, e ainda o meia direita João Ferraz, no campeonato alemão. 

E o leitor, concorda com essa convocatória? Ou mudaria alguma coisa? Comente! #Resenha Esportiva