A jogadora de futebol da seleção dos Estados Unidos da América, Hope Solo, confirmou presença nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto. Solo é destaque da seleção daquele país e havia anteriormente colocado em dúvida sua participação em uma das competições mais importantes do mundo esportivo.

Hope Solo é uma das principais atletas da história do futebol feminino dos Estados Unidos. A jogadora foi vencedora das competições, junto à seleção americana, nos anos de 2008 e 2012. Ela levou o ouro olímpico naquelas duas ocasiões. Solo confirmou que participará das disputas olímpicas com sua seleção nos Jogos Olímpicos.

Publicidade
Publicidade

A atleta decidiu claramente pela sua participação: "eu conversei com o meu treinador e com minhas companheiras de seleção e me sinto totalmente comprometida", afirmou enfaticamente.

Receio do vírus zika

Uma das maiores preocupações da goleira da seleção americana, Hope Solo, é a situação da proliferação do vírus zika. A atleta admite que tomou todos os cuidados necessários para que não haja qualquer risco de contaminação, e a mesma assinala que antes da competição esportiva deve-se pensar sobre os riscos que a doença pode trazer à própria saúde.

Hope Solo reconheceu, de modo contundente, que irá tomar todas as precauções: "estou totalmente consciente do que está acontecendo no Brasil e todos os riscos", disse, em relação ao vírus zika e continuou: "não sei se deixarei o hotel, sem que seja em horários de jogos e treinos", declarou ao programa Squawk Sports, da rede de TV americana NBC.

Publicidade

A atleta dos Estados Unidos declara ainda que "nenhum esportista deve ser colocado na posição de ter que decidir entre o seu sonho olímpico e a sua própria saúde", disse Solo, já que a saúde humana deve ser considerada como primordial, em qualquer modalidade esportiva. Vale ressaltar que Hope Solo fez várias declarações no mês de fevereiro passado considerando a possibilidade de não participar dos Jogos Olímpicos a serem realizados no Rio de Janeiro, durante o mês de agosto, exatamente por receio do vírus zika, já disseminado em diversas partes do Brasil. #Rio2016