O Fluminense terá dois importantes desfalques para a quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Submetido a um exame de imagens nesta segunda, o volante Pierre tomou conhecimento de que, durante o clássico da tarde do último domingo, realizado em Volta Redonda, sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

Também sofrendo de um incômodo na mesma região, o lateral-direito Wellington SIlva, que vem sendo improvisado na canhota, é outro a não ficar à disposição do técnico Levir Culpi. Ele já não atuou na vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo, a primeira do Tricolor em clássicos estaduais na atual temporada.

Sendo assim, a tendência é que Giovanni continue a ocupar a ala esquerda.

Publicidade
Publicidade

Já no meio, Douglas deverá alinhar.

Tendo sete pontos e ocupando o sétimo lugar na classificação, o Fluminense voltará atuar pelo Brasileirão na próxima quarta. A partir das 21h45 (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte, enfrentará o Atlético/MG.

Contestados pela torcida, amados pelo treinador

Pierre e Wellington Silva vivem um grande dilema em 2016. Ao mesmo tempo em que nutrem de total confiança do treinador, os dois lutam para, de uma vez por todas, espantar a desconfiança da torcida. Através das redes sociais (Twitter, Comunidades no Facebook e Instagram), os tricolores postam várias mensagens, questionando o aproveitamento dos jogadores.

Com 34 anos e nascido em Itororó, cidade do interior da Bahia, Pierre iniciou a sua carreira no ano de 2002, vestindo a camisa do Ituano.

Publicidade

Na temporada seguinte, foi para o Paraná, onde permaneceu até 2007, quando acertou com o Palmeiras. Em 2011, rumou para o Atlético/MG, clube que viveu a melhor fase de sua carreira, alcançando, inclusive, uma Taça Libertadores (2013). No dia 10 de abril de 2015, veio para as Laranjeiras. Seu contrato com o Flu se encerra em dezembro de 2016.

Wellington Silva, com 28 anos e natural do Rio de Janeiro, está em sua segunda passagem pelo #Fluminense. A primeira foi de 2013 a 2014. Em seu currículo, também há passagens por Grêmio, Olaria, Resende (clube onde se destacou), Flamengo e Internacional/RS. Tem mais um ano de vínculo com o Tricolor.  #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol