O volante que ficou a semana toda sem treinar, participando apenas de atividades leves na Ilha do Retiro, teria a liberação do departamento médico se treinasse sem dores hoje (sexta-feira) no Rio de Janeiro. E foi o que aconteceu.

Essa é a boa notícia que chega não somente para a torcida, mas também para o comandante Oswaldo de Oliveira. O atleta que vinha sem participar ativamente dos treinos feitos no Recife, por conta de uma recuperação na coxa direita. Nesta sexta-feira o jogador treinou normalmente com o grupo principal, o treino ocorreu em Pinheral, cidade próxima a capital carioca. Neste sábado Rithely deverá estar junto dos titulares defendendo o Sport contra o Flamengo na estréia da Série A do Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Momentos próximos ao jogo contra o Flamengo, Rithely ainda será avaliado pelo departamento médico do clube, já que esteve parado a semana inteira. Inicialmente era previsto que se ele treinasse hoje estaria então liberado para o jogo contra o time carioca. Ainda necessitando dessa última avaliação médica, o volante dispara que treinou tranquilamente e sem sentir dor. Diz que agora é esperar a decisão do treinador, mas que ele está apto a vestir a camisa e ajudar o Leão a Rugir.

A boa notícia faz com que o técnico Oswaldo de Oliveira tenha um problema em suas mãos. Na ausência de Rithely, o treinador estava utilizando o meia Gabriel Xavier e o volante Luiz Antônio. No jogo Sport contra Flamengo, o comandante irá ter que separar essa dupla caso venha decidir que Rithely deve voltar como titular, fazendo com que só um deles esteja em campo.

Publicidade

Pode-se ver pelos treinos que a escalação que provavelmente enfrentará o time carioca será composta por Magrão, Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê, Rithely, Gabriel Xavier/Luiz Antônio, Mark Gonzalez, Reinaldo Lenis, Diogo Souza e Vinícius Araújo.

Sport e Flamengo irão se enfrentar no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O jogo que esta previsto para às 16h terá no trio de arbitragem os paulistas Marcelo Aparecido, Caetano Ribeiro e Rogério Zanardo. #Futebol