O elenco e a torcida do São Paulo têm muito o que comemorar. O status mudou de clube ‘em crise'. Com más atuações, eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista e risco grande de ser eliminado ainda na fase de grupos da Libertadores - para única equipe brasileira classificada para as semifinais do torneio continental. O resultado refletiu fora de campo: o tricolor paulista viu disparar seu número de sócios-torcedores e venda de camisas.

Em janeiro deste ano, as camisas do São Paulo eram responsáveis por 21,7% da venda de camisas de futebol nacional na Centauro - maior rede de lojas de produtos esportivos da América Latina - e lideravam o ranking.

Publicidade
Publicidade

O número subiu para 24,8% em fevereiro, caiu para 20,8% em março (mês em que o time teve duas vitórias em nove jogos) e disparou para 33,9% em abril.

E não foi por acaso. Foi em abril que o São Paulo começou a mudar de cara na Libertadores. A primeira partida que disputou no mês pela competição continental foi a goleada por 6 a 0 sobre o Trujillanos no Morumbi, ainda pela fase de grupos. No último jogo de abril, fez 4 a 0 sobre o Toluca no jogo de ida das oitavas de final.

No ranking de maio da Centauro, o São Paulo ainda lidera a venda de camisas e, agora, com 34%. Não à toa, é o mês em que o clube começou perdendo para o Toluca por 3 a 1, mas se classificando para as quartas de final. Nas duas últimas quartas-feiras, vitória por 1 a 0 e derrota por 2 a 1, que colocaram o time tricolor nas semifinais da Libertadores.

Publicidade

E quanto ao número de sócios-torcedores, não é diferente. Atrás apenas do Coritiba, o São Paulo foi a segunda equipe que mais ganhou novos adeptos neste ano. Só em 2016, já conseguiu 16.796 novos torcedores (média de 46,02 por dia). Desses, 12.339 entraram para o programa de sócio-torcedor do clube agora em maio, 1.717 nesta semana (média de 245,29 por dia).

O São Paulo aparecia com 80.388 sócios-torcedores na última atualização de 2015, ocupando o quinto lugar, segundo o ranking do Histórico Futebol Melhor. Agora, está na quarta colocação com 97.372 adeptos; ultrapassou o Grêmio (94.802) e continua atrás de Internacional (112.756), Palmeiras (126.675) e Corinthians (128.583).

Em entrevista coletiva nessa sexta-feira, o lateral-direito Bruno pediu que o São Paulo coloque esse ‘espírito' guerreiro que tem mostrado na Libertadores para fazer boa campanha também no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o tricolor paulista enfrenta o Internacional às 16h (horário de Brasília), no Morumbi, pela segunda rodada do nacional. #Copa Libertadores 2016 #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol