Se você gosta de velocidade sobre a água e disputas decididas por milésimos de segundos, certamente não vai querer perder as competições de Canoagem de Velocidade nas Olimpíadas desse ano.

Além de velozes, os atletas devem ter muita força física para remar em caiaques, ou canoas e conseguir concluir um trajeto em linha reta no menor tempo possível. Ao contrário da canoagem Slalom, da qual eu falei no último podcast, a de velocidade requer águas calmas e é por isso que as provas acontecem em rios ou lagoas de águas tranquilas.

A canoagem de velocidade é a modalidade mais tradicional da canoagem e as suas primeiras competições datam da metade do séc.XIX.

Publicidade
Publicidade

Ela participou dos jogos olímpicos de Paris, em 1924 como esporte de demonstração, mas fez a sua estreia olímpica somente em Berlim, no ano de 1936. As mulheres participariam pela primeira vez das Olimpíadas no esporte 12 anos depois, em 1948.

Na modalidades, as embarcações, sejam elas canoas ou caiaques, devem percorrer trajetos que podem ser de 200, 500 ou 1.000 metros. A largada é dada por equipamentos eletrônicos que também indicam a posição que cada barco deve ficar.

Boias brancas e amarelas delimitam a área de competição. Nos últimos 100 metros de prova são utilizadas boias vermelhas para a demarcação.

As competições são divididas em etapas eliminatórias, semifinais e finais. Existem 9 raias e para que o desempenho dos atletas não seja prejudicado, deve existir uma distância lateral de 5 metros entre os competidores.

Publicidade

São cinco os tipos de barcos que competem nessa modalidade nas olimpíadas: a canoa individual, a canoa de dupla, o caiaque individual, o caiaque de duplas e o caiaque para quatro pessoas.

Na canoa individual, o atleta compete com um joelho no assoalho e segurando um remo de pá única. O barco pesa no mínimo 14 kg e não pode passar de 5,20 metros.

Na canoa de dupla, os esportistas também competem ajoelhados com um joelho e usam remos de uma pá. A embarcação pode chegar até 6,50 metros e pesam 20 kg, no mínimo.

Já no caiaque individual o atleta compete sentado e utiliza um remo de duas pás. O barco tem um comprimento de até 5,20 metros e o seu peso mínimo é de 12 kg.

Assim como no individual, no caiaque de duplas, os esportitas também ficam sentados e manuseiam um remo de pás duplas. A embarcação tem de pesar 18 kg no mínimo e ter até 6,50 metros.

No programa olímpico da canoagem de velocidade também estão incluídas as provas de grupo. Quatros pessoas competem sentadas no caiaque e cada uma utiliza um remo de duas pás.

Publicidade

Esse barco pode chegar a ter até 11 metros e o seu peso mínimo é de 30 kg.

O esporte chegou no Brasil no ano de 1943, mas só passou a ser desenvolvido a partir do ano de 1984, com a chegada de modelos de barcos oficiais, e do ano de 1985, com a criação da Associação Brasileira de Canoagem.

Também em 84 a Lagoa Rodrigo de Freitas, local das provas olímpicas desse ano, recebeu a primeira prova oficial da Canoagem de Velocidade.

A modalidade não só cresceu muito, como também obteve resultados de nível internacional desde que as Olimpíadas foram confirmadas para o Rio de Janeiro. Todo esse progresso poderá ser visto de perto pelos brasileiros nos jogos deste ano. #Rio2016